01/09/2017 às 18h37min - Atualizada em 01/09/2017 às 18h37min

Mulher acusada de matar e enterrar vítima é presa.

Agência da Notícia
A Polícia Civil do município de Confresa prendeu Beatriz Neta Barbosa Aguiar, 31 anos, foragida da justiça a mais de 10 anos. A prisão da criminosa ocorreu nesta tarde de quinta-feira, (31), atualmente a acusada trabalhava no frigorífico JBS. 

O mandado de prisão que levou a latrocída para de trás das grades, foi expedido pela Comarca de Porto Alegre do Norte. Beatriz Neta foi interrogada pelo delegado local e encaminhada para Cadeia Pública de Porto Alegre do Norte onde aguarda sob o poder da justiça.

Crime

O latrocínio (roubo seguido de morte) praticado por Beatriz ocorreu no ano de 2006 no município de Canabrava do Norte, após assassinar a vítima a mulher enterrou o corpo.

Após o crime Beatriz foi presa e encaminhada a Cadeia Pública de Porto Alegre do Norte, mas após sete meses presa a mulher conseguiu serrar as grades da cela onde cumpria a pena e conseguiu foragir voltando a ser presa 10 anos depois de sua fuga.
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Com UTIs lotadas, Barra do Garças deve ou não aderir lockdown? 3 pacientes aguardam vagas

74.9%
23.7%
1.3%