31/08/2017 às 06h58min - Atualizada em 31/08/2017 às 06h58min

Prefeito e secretário são presos por uso de maquinário público em área particular, diz polícia

G1 MT
O prefeito de Jangada, a 82 km de Cuiabá, Edérzio de Jesus Mendes (PSDB), foi preso nesta quarta-feira (30) pelo uso indevido de maquinário público em uma área particular. De acordo com a Polícia Civil, uma pá carregadeira e uma patrola da prefeitura eram usadas há cerca de 30 dias num curtume no município de Acorizal, a 59 km de Cuiabá.
 
Além de Edérzio, o secretário de obras do município, Marcos Antônio Bernardino e dois funcionários da prefeitura também foram presos. O G1 não conseguiu localizar a defesa dos presos.
 
Marcos Antônio Bernadino, secretário de obras, também foi preso (Foto: Prefeitura de Jangada/Divulgação)

Marcos Antônio Bernadino, secretário de obras, também foi preso (Foto: Prefeitura de Jangada/Divulgação)

Marcos Antônio Bernadino, secretário de obras, também foi preso
(Foto: Prefeitura de Jangada/Divulgação)

 
A prisão ocorreu após uma denúncia da Promotoria de Justiça de Rosário Oeste, a 133 km de Cuiabá. Os moradores teriam procurado a Justiça depois de pedir que o maquinário fosse usado em uma comunidade rural de Jangada, sem ser atendidos.
 
Em averiguações, a polícia confirmou que as máquinas estavam sendo desviadas para uso particular. No local, dois funcionários da prefeitura de Jagada trabalhavam no beneficiamento do curtume. Um deles alegou que trabalhava na área a mando do prefeito.
 
Os funcionários foram autuados e levados para a delegacia. Edérzio e o secretário de obras foram presos e devem prestar depoimento. As máquinas foram apreendidas e devem passar por perícia.

Notícias Relacionadas »
Comentários »

Com UTIs lotadas, Barra do Garças deve ou não aderir lockdown? 3 pacientes aguardam vagas

74.2%
24.4%
1.3%