23/08/2017 às 07h32min - Atualizada em 23/08/2017 às 07h32min

Cartório de Nova Xavantina foi vítima do sequestro cibernético

NX1
Um ataque cibernético conhecido por Ransomware paralisou todos os computadores do Cartório do 1° Oficio de Nova Xavantina. O problema provocou a suspensão dos atendimentos na autarquia na parte da tarde desta segunda-feira (21).

De acordo com o tabelião José Campos Sobrinho, os arquivos dos computadores começaram a sumir. A princípio ele pensava que seria um vírus; no entanto, após a empresa responsável pela internet do cartório ser acionada, foi verificado que o problema é um tipo de software malicioso usado por cibercriminosos que é projetado para extorquir dinheiro de suas vítimas, seja por meio da criptografia de dados no disco ou bloqueando o acesso ao sistema.

Campos comentou que eles realizam backups diários nos arquivos do Cartório e esses backups estão protegidos. “Vale ressaltar que os atos cívicos do Cartório não sofreram nenhum problema, tudo que foi feito antes do ataque continua da mesma forma. Apesar dos transtornos, o Cartório não sofreu nenhum prejuízo grave.”, disse Campos.

Como é o ataque                           

Os vírus de resgate são pragas digitais que embaralham os arquivos no computador usando uma chave de criptografia. Os criminosos exigem que a vítima pague um determinado valor para receber a chave capaz de retornar os arquivos ao seu estado original.

Quem não possui cópias de segurança dos dados e precisa recuperar a informação se vê obrigado a pagar o resgate, incentivando a continuação do golpe.
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Com UTIs lotadas, Barra do Garças deve ou não aderir lockdown? 3 pacientes aguardam vagas

74.1%
24.5%
1.4%