21/08/2017 às 17h24min - Atualizada em 21/08/2017 às 17h24min

1ª Conferência Municipal de Vigilância em Saúde foi realizada

Vanessa Lima/O Repórter do Araguaia
A prefeitura de São Félix do Araguaia, através da Secretaria Municipal de Saúde realizou a 1ª Conferência Municipal de Vigilância em Saúde no auditório da Câmara de Vereadores, onde reuniu com profissionais de diversos setores da saúde com objetivo de discutir e nortear ações relativas a saúde em São Félix do Araguaia (MT), a cerca de 1,159 quilômetros da Capital, tendo início na última quinta-feira (17) e encerrou sexta-feira (18).

O encontro reuniu representantes de associações, instituições públicas, de entidades profissionais e empresariais, além de servidores da Secretaria de Saúde e representantes da sociedade civil. O evento teve como tema: “Vigilância em Saúde: direito, conquistas e defesa de um SUS público de qualidade”, sendo palestrante o Engenheiro Ambiental da Secretaria Municipal; Felipe Salles Ramos e a Secretária Executiva do Consórcio Intermunicipal de Saúde do Araguaia; Rosaine Faria Maciel.

O evento foi a etapa municipal e objetivou analisar as prioridades listadas no Documento Orientador e montar propostas para que sejam fortalecidos programas e ações de implementação da Política de Atenção Integral de Vigilância em Saúde. As propostas serão enviadas para serem discutidas na Conferencia Estadual e logo após, na Conferencia Nacional.

Na oportunidade, compuseram a mesa de abertura a Prefeita de São Félix do Araguaia Janailza Taveira Leite (SD), o secretário municipal de Saúde Elói Calixto Megiani Maia, Presidente da Câmara vereador de São Félix do Araguaia; Antonio Miranda (PP), Diretora do Escritório Regional de Saúde de São Félix do Araguaia; Crisley Suzanne de Araújo, Ouvidora Geral do SUS – Conselho Estadual de Saúde e palestrante; Sandra Auxiliadora Costa, Apoiador de Planejamento Estratégico do Distrito Sanitário Especial Indígena (DSEI) Araguaia; Kohalue Karajá, Presidente Conselho Municipal de Saúde; Wilma Rodrigues de Souza, Promotor de Justiça de São Félix do Araguaia; Dr. Emanuel Filartiga Escalante Ribeiro e a Coordenadora da I Conferencia Estadual; Edna Marlene da Cunha Carvalho.

O Secretário Municipal de Saúde, Elói Calixto, falou sobre a importância da conferência, a primeira promovida na cidade de São Félix do Araguaia, que resultará no desenvolvimento de ações para a construção de uma Política Nacional de Vigilância em Saúde. “O encontro serviu para discutir o contexto da qualidade de vida da população e criar um norteamento para o município no que diz respeito à saúde. Este foi um momento de conhecer, refletir, colaborar, construir e ajudar a qualificar a saúde do nosso Município e o fortalecimento do SUS”, esclareceu o Secretário de Saúde.

A prefeita Janailza agradeceu todos os funcionários que atuam no município, destacou que a força social tem o poder de revigorar e impulsionar o SUS e que são em espaços democráticos como as conferências, que políticas são debatidas e construídas. “A administração municipal tem buscado fortalecer as políticas públicas, seja na ampliação ou integração dos sistemas do SUS. A Conferência Municipal é uma oportunidade a mais de debater a atuação dos programas que compõem todas as vigilâncias e sobre as competências de cada ente federado, no fortalecimento das ações e serviços do Sistema Único de Saúde”, destacou a prefeita.

O Presidente do Legislativo; Antonio Miranda, disse que a participação profissional e popular é importante para a construção de um Sistema Único de Saúde (SUS) mais avançado. “A conferência é uma ferramenta importante para melhorar e ampliar o atendimento de saúde da população. Eventos como este são importantes para a capacitação dos profissionais”, concluiu.

A segunda parte da Conferência Municipal realizada no dia 18, contou com os palestrantes Diretora do Escritório Regional de Saúde de São Félix do Araguaia; Crisley Suzanne de Araújo, Edna Carvalho, Eliete Pereira dos Santos; médica do Programa Saúde da Família (PSF) I, Cainã Jerônimo Rodrigues; enfermeiro do PSF II e Sandra Costa; Ouvidora Geral do SUS em seguida A Diretora da Vigilância em Saúde Municipal; Iraci Pereira Lima; apresentou o Regimento Interno da 1ª Conferência Estadual de Vigilância em Saúde.

Os participantes foram divididos em grupos para discutir os eixos temáticos com cada um dos delegados eleitos para a conferência participarão da etapa Estadual Vigilância em Saúde, que acontecerá em setembro.
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Com UTIs lotadas, Barra do Garças deve ou não aderir lockdown? 3 pacientes aguardam vagas

74.1%
24.5%
1.4%