18/08/2017 às 13h48min - Atualizada em 18/08/2017 às 13h48min

Raly dos Sertões começa neste sábado e chegará dia 23/8 em Barra do Garças

Assessoria
Sanderson Pereira / Photo-S Imagens
Em vez de acelerar logo de cara neste sábado, controle de ansiedade e estudo. Esta é a estratégia da equipe Bulldog Racing, de Santa Catarina, que disputa o 25º Rally dos Sertões na categoria Pró Brasil. A maioria competição da modalidade tem largada em Goiânia (GO) e vai até Bonito (MS), em um total de três mil quilômetros.

O começo tem uma prova preliminar de sei quilômetros para determinar apenas a ordem de largada para a primeira etapa (a classificação geral do rali é feito por tempo, não pela ordem de chegada). O piloto Flávio Lunardi aponta que o emocional é mais importante que outros aspectos nestes primeiros quilômetros.

—Para nós, os dois primeiros dias são os mais importantes, pois precisamos dominar a  ansiedade e a vontade de acelerar para fazer o reconhecimento do rali e de concorrentes. É aquele momento que temos para observar tudo e identificar onde estão as nossas chances de vitória — disse.

A cadência inicial também é necessária para preservar o carro. Afinal, a competição vai até o dia 26 (no sábado seguinte) com a chegada em Bonito (MS).

— Temos nas mãos um excelente carro, muito potente e confiável, mas é fundamental respeitar os limites da picape para evitar quebras mecânicas que nos prejudiquem no acumulado de tempo. São sete dias encarando os mais difíceis obstáculos naturais — justifica o navegador Fred Budtikevits.

A edição desse ano terá paradas em: Goianésia (GO), Santa Terezinha de Goiás (GO), Aruanã (GO), Barra dos Garças (MT), Coxim (MS) e Aquidauana (MS), último ponto até Bonito. O Rally dos Sertões de 2017 terá 248 veículos entre motos, quadriciclos, UTVs e carros (cross country e regularidade).


Notícias Relacionadas »
Comentários »

Com UTIs lotadas, Barra do Garças deve ou não aderir lockdown? 3 pacientes aguardam vagas

74.3%
24.3%
1.4%