06/07/2017 às 19h53min - Atualizada em 06/07/2017 às 19h53min

Governo entrega projeto da RGA para Assembleia Legislativa

Rodrigo Maciel Meloni | Gcom-MT
O Governo de Mato Grosso entregou à Assembleia Legislativa (ALMT), na manhã desta quinta-feira (06.07), o substitutivo integral do Projeto de Lei que prevê o pagamento da Revisão Geral Anual (RGA). O secretário-chefe da Casa Civil, José Adolpho de Lima Avelino Vieira, e a equipe econômica do Governo fizeram a entrega do documento para o presidente da AL, deputado estadual Eduardo Botelho. Membros do Fórum Sindical acompanharam a reunião.

“Neste momento passo à mão do presidente da AL, Eduardo Botelho, o projeto de lei da RGA, para que possa ser votado o mais breve possível. Queremos que este assunto seja página virada no nosso Governo, agora a RGA só será discutida novamente em 2019”, disse José Adolpho Vieira. Ele lembrou que, com isso, o Governo do Estado cumpre o compromisso formado com o Fórum Sindical a respeito da RGA. “O projeto está conforme o acordado com os sindicatos, e agradecemos o deputado Eduardo Botelho que, ao lado dos demais deputados da Casa de Leis, mediou as negociações”.

O Governo acordou com as categorias o parcelamento da Revisão Geral dos anos de 2017 e 2018, sendo que a primeira parcela da RGA de 2017 será lançada na folha salarial de novembro deste ano, a ser paga no dia 10 de dezembro. A segunda parcela está prevista para ser paga no mês de abril de 2018, mas poderá ser antecipada para março, caso a arrecadação no segundo semestre de 2017 tenha um aumento efetivo de 10% em relação ao que está projetado para o período.

O pagamento da terceira parcela, prevista para setembro de 2018, também poderá ser antecipado, mas com a mesma condicionante de aumento da receita própria. Nesse caso, a parcela poderá ser adiantada para o mês de maio, caso o crescimento da arrecadação chegue a 15% no segundo semestre de 2017. Já os percentuais das três parcelas foram ajustados, sendo duas para 2,19% e a terceira para 2,20%, atendendo à solicitação do Fórum Sindical.

O coordenador do Fórum Sindical, Oscarlino Alves, acompanhado do presidente do Sindicato dos Profissionais da Área Instrumental do Governo (Sinpaig), Edmundo César Leite, elogiou a postura do Executivo Estadual. “Gostaríamos de reconhecer a nova postura do Governo em estar aberto ao diálogo e em receber os representantes dos servidores públicos”. Alves destacou a atitude do novo secretário-chefe da Casa Civil, José Adolpho Vieira. “O secretário tem nos atendido, e tem feito isso muito bem”. 

O presidente da AL, Eduardo Botelho, informou que a mensagem deve ser remetida para apreciação em plenário já na próxima semana, antes do recesso parlamentar, previsto para começar no dia 13 de julho. “Recebi o Fórum em minha casa e pedi ao governador Pedro Taques que comparecesse, e nesta ocasião ocorreu o entendimento, de trabalhar juntos em prol dos servidores, de mostrar o trabalho sério que tem sido desempenhado pela administração estadual”. 

Botelho parabenizou o Fórum pela insistência nas negociações. “Vamos fazer um esforço para que esta lei seja aprovada antes do recesso, o mais rápido possível, para nós encerrarmos isso e começarmos outras discussões”, concluiu.
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Se a empresa de Água continuar com serviço irregular, o que deve ser feito pelo prefeito? Deixê a sua opinião internauta

1.6%
5.5%
17.7%
75.2%