29/06/2017 às 00h41min - Atualizada em 29/06/2017 às 00h41min

Lei prevê assistência psicológica a professores e alunos da Educação Básica de Barra do Garças

Konrad Felipe / CMBG
Foi aprovado por unanimidade, durante a sessão de segunda-feira (26/6), o projeto de lei nº 31/2017, de autoria do vereador Zé Gota (PRB), que “Estabelece que nas diretrizes e bases da educação, no âmbito do município de Barra do Garças, seja obrigatória a assistência psicológica aos educadores e educandos da educação básica”.

O projeto assegura a educadores e educandos da educação básica, assistência psicológica, promovida por profissional habilitado. A implementação será relacionada ao número de alunos por psicopedagogo e ao número de estabelecimentos de ensino por psicopedagogo.

Em sua justificativa, o vereador lembra que é necessária a adequação do que foi estabelecido pela Lei Federal nº 9394/1996 que trata do assunto. “Nossa preocupação é com o bem-estar de educadores e educandos de nossa cidade, porque é uma questão extremamente delicada que pode mudar a trajetória de vida de uma pessoa, por isso considero de suma importância esse projeto”. 


Notícias Relacionadas »
Comentários »

Com UTIs lotadas, Barra do Garças deve ou não aderir lockdown? 3 pacientes aguardam vagas

75.1%
23.6%
1.3%