21/06/2017 às 18h42min - Atualizada em 21/06/2017 às 18h42min

Trio envolvido com roubo e tráfico de drogas é preso pela Polícia Civil

Agência da Notícia
Três pessoas acusadas de envolvimento com os crimes de roubo qualificado, tráfico de drogas e receptação foram presas em flagrante pela Polícia Judiciária Civil, na tarde de segunda-feira (19.06), em Confresa. Os suspeitos, Junior Alves de Oliveira, 19, o “Negão GTA”, Ronaldo da Silva de Oliveira, 21, e Willian Lopes Batista, 18, foram presos durante investigações de um roubo ocorrido durante a madrugada no município.

A ação iniciou quando a equipe da Polícia Civil de Confresa foi acionada do roubo a um auto-posto, ocorrido por volta de 01h30, no município. Na ocasião, dois homens armados chegaram em uma motocicleta Honda Titan e subtraíram cerca de R$ 736 do caixa, além de dois aparelhos celulares de funcionários do estabelecimento.

Durante as diligências, os policiais encontraram a motocicleta utilizada no crime, abandonada nas proximidades do posto, sendo constatado, via sistema, que o veículo era produto de furto ocorrido no município. Em continuidade as investigações, os policiais receberam a informações que um dos autores do assalto seria o suspeito Junior, “Negão GTA”, conhecido da Polícia e investigado por diversos crimes como roubos e tráfico de drogas.

Com a informação, os policiais se deslocaram até uma casa no centro da cidade, onde foram recebidos por Ronaldo. A equipe realizou buscas na residência, onde apreenderam cinco porções médias de pasta base de cocaína e R$ 320 em dinheiro, possivelmente proveniente da atividade do tráfico. Enquanto os investigadores estavam na casa, os suspeitos Junior e Willian chegaram ao local, sendo apreendidos com eles uma porção de maconha e R$ 190 em dinheiro, também oriundo do tráfico de drogas.

Na delegacia, as vítimas do roubo fizeram reconhecimento pessoal dos suspeitos, sendo Junior identificado como o suspeito que entrou no escritório do posto em posse da arma de fogo. Diante dos fatos, Junior foi autuado em flagrante pelos crimes de roubo qualificado, tráfico de drogas, associação para o tráfico e receptação. Os suspeitos Ronaldo e Willian responderão pelos crimes de tráfico e associação para o tráfico.

O trio foi encaminhado a Cadeia Púbica de Porto Alegre do Norte, onde permanecerá a disposição da Justiça.
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Com UTIs lotadas, Barra do Garças deve ou não aderir lockdown? 3 pacientes aguardam vagas

74.9%
23.7%
1.3%