21/06/2017 às 07h57min - Atualizada em 21/06/2017 às 07h57min

Bando assalta supermercado em MT; veja vídeo

G1-MT


Dois homens, de 21 e 26 anos, e três adolescentes foram detidos pela Polícia Militar em Nova Santa Helena, a 622 km de Cuiabá, suspeitos de assaltarem um supermercado em Terra Nova do Norte, a 648 km da capital, no último sábado (17) (VER VÍDEO ABAIXO). Com os suspeitos, a polícia apreendeu três armas de fogo e recuperou cerca de R$ 3 mil que haviam sido levados do supermercado.
 
De acordo com a polícia, quatro dos cinco suspeitos invadiram o supermercado – sendo que três deles estavam armados com dois revólveres calibre 38 e uma pistola 765 – e agiram com muita violência contra funcionários e clientes que estavam no local. Uma mulher, que não teve a identidade revelada, foi agredida com coronhadas na cabeça e precisou ser levada para um hospital após o bando fugir do local. A vítima já teve alta hospitalar.
 
Toda a ação foi registrada pelo circuito interno de segurança do estabelecimento. Segundo a polícia, durante o assalto, a quadrilha contou com o apoio de um quinto suspeito, que permaneceu dentro de um carro, do lado de fora do supermercado, aguardando a saída dos comparsas.
 
As imagens registradas pelas câmeras de segurança mostram o momento em que os assaltantes invadem o supermercado. Alguns clientes e funcionários chegaram a deitar no chão, enquanto outros foram levados para o fundo do estabelecimento.
 
Sob ameaça, é possível ver uma funcionária ser obrigada a abrir o caixa e permitir que um dos suspeitos pegasse todo o dinheiro e colocasse em uma sacola. Na sequência, ele rouba a carteira que está no bolso de um funcionário deitado no chão e foge do local, na companhia dos comparsas.
 
De acordo com o investigador da Polícia Civil de Terra Nova do Norte, Carlos Eduardo Vicente, os assaltantes fugiram pela BR-163 em direção à Nova Santa Helena. A PM chegou a montar uma barreira na rodovia. Os suspeitos foram abordados e presos pela PM ao pararem em um bar daquele município.
 
“Eles foram abordados e não tiveram tempo de reação. Eles haviam largado as três armas dentro do veículo e foram apreendidas. A pistola estava engatilhada e acredito que seria usada em uma possível reação à polícia”, disse.
 
Segundo a Polícia Civil, todos os suspeitos já tinham passagem pela polícia por outros crimes cometidos.
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Com UTIs lotadas, Barra do Garças deve ou não aderir lockdown? 3 pacientes aguardam vagas

75.1%
23.6%
1.3%