13/06/2017 às 19h32min - Atualizada em 13/06/2017 às 19h32min

Depois 21 meses, Silval Barbosa sai da cadeia

O Independente
A juíza da 7ª Vara do Fórum Criminal de Cuiabá, Selma Rosane Arruda, determinou nesta terça-feira (13) a soltura do ex-governador Silval Barbosa (PMDB) e do ex-chefe de gabinete Silvio Cesar Correia.

Silval Barbosa está preso há mais de 21 meses e Silvio há mais de 1 ano e dois meses.

Ambos possuíam três decretos prisicionais decorrentes da "Operação Sodoma" e seus desdobramentos.

A defesa de Silval arguiu no novo pedido de revogação que o ex-govenador passou a assumir postura proativa confessando fatos pontuais que contaram com sua participação e se defendendo daqueles que não teve qualquer participação.

Na decisão consta inclusive que Silval teria já confessado fatos pontuais em sede de inquérito que foram acostados ao pedido de revogação.

A postura de confessar fatos pontuais, aliados ao oferecimento de mais de R$ 40 milhões em bens com pedido de substituição de prisão domiciliar e medidas cautelares alternativas foram os argumentos utilizados para revogar a prisão de Silval.

A prisão de Silvio também foi revogada pelos mesmos motivos. O pedido de revogação de Silval foi anunciado pelo advogado Delio Lins e Silva Junior e de Silvio Correia pelo advogado Victor Alipio Borges. 

SODOMA

O ex-governador no Centro de Custódia da Capital (CCC) desde 17 setembro de 2015 acusado de envolvimento em um suposto esquema envolvendo incentivos fiscais, decorrente da Operação Sodoma, realizada pela Delegacia Fazendária do Estado.
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Com UTIs lotadas, Barra do Garças deve ou não aderir lockdown? 3 pacientes aguardam vagas

75.1%
23.6%
1.3%