08/06/2017 às 17h21min - Atualizada em 08/06/2017 às 17h21min

Recursos do Judiciário auxiliam bombeiros em Barra do Garças

Ana Luíza Anache, TJ/MT
Divulgação
O Poder Judiciário doou cerca de R$ 150 mil de recursos provenientes de transações penais e da venda de madeira apreendida por crime ambiental para a 1ª Companhia Independente de Bombeiros Militar (1ª CIBM) de Barra do Garças. A destinação foi autorizada pelo juiz Wagner Plaza Machado Junior, da 3ª Vara Cível da comarca, com anuência do Ministério Público.
 
Conforme o magistrado, R$ 120 mil foram investidos em um projeto de Reestruturação Operacional para Atendimento de Ocorrências de Incêndios Florestais, uma vez que a região é cercada pelo Parque Estadual Serra Azul, unidade de conservação com 11 mil hectares propensa a incêndios. A verba foi direcionada para compra de materiais como capacetes, balaclavas, mochilas camelbaks, bombas costais, luvas, facões, rádios de comunicação, GPS, pinga fogo, kit de combate para pick-up, lanternas, cinto paraquedista, descensores autoblocantes, polias, cabo para salvamento, abafadores e tenda para posto de comando.
 
O outro montante será aplicado na construção de uma área de assepsia na 1ª CIBM para higienização das ambulâncias do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e tratamento da água para evitar a proliferação de doenças e a contaminação do solo. A obra, que conta com a mão de obra de dois bombeiros e de três reeducandos de Barra do Garças, deve ser finalizada em 30 dias.
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Com UTIs lotadas, Barra do Garças deve ou não aderir lockdown? 3 pacientes aguardam vagas

75.1%
23.5%
1.3%