01/06/2017 às 17h04min - Atualizada em 01/06/2017 às 17h04min

Suspeito de assassinato em Aragarças é preso no Pontal pela PM

Araguaia Notícia
Djonathan foi morto com 12 facadas e o corpo jogado num córrego
O núcleo da Polícia Militar (PM) de Pontal do Araguaia prendeu na quinta-feira (1/6) o suspeito João Vitor. Ele estava numa casa onde foram recuperadas duas motos furtadas numa ação da PM logo após um furto de 4 motos de uma mesma família de Pontal.

Os policiais foram atrás e recuperaram três das 4 motos e durante a operação chegaram à prisão de João Vitor. No sistema, os policiais detectaram um mandado de prisão temporário em desfavor do suspeito que é de Aragarças e está sendo investigado pela morte de Djonathan Soares Fraga, 17 anos, que levou doze facadas e teve o corpo jogado dentro do córrego Grande na Br 070, no dia 19/4.

O delegado Ricardo Galvão confirmou a suspeita com relação a João Vitor e agradeceu a ação da PM de Pontal e do Núcleo de Inteligência da PM. “Nós pedimos uma temporária do João Vitor, mas ele sumiu da cidade e ficou difícil esclarecer se ele está ou não envolvido com a morte do Djonathan”.

A polícia está checando também a informação de que a briga que virou tiroteio e começou dentro de uma boate em Aragarças dia 28/5 foi motivada por uma rixa entre o grupo de Djonathan tentando vingar a morte dele contra João Vitor e na confusão sobrou para o rapaz Eduardo Araújo Silva, 19 anos, que teoricamente não teria nada a ver com a rixa, e acabou sendo baleado e faleceu posteriormente no hospital.

“Sim existe essa especulação que agora vamos esclarecer com a detenção do João Vitor”, destacou o delegado Ricardo Galvão. De acordo com a polícia, Djonathan foi assassinado num acerto de contas por causa de drogas. 
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Com UTIs lotadas, Barra do Garças deve ou não aderir lockdown? 3 pacientes aguardam vagas

75.1%
23.6%
1.3%