12/06/2011 às 17h20min - Atualizada em 12/06/2011 às 17h20min

Novo prefeito impetra mandado para valer posse

Olhar Direto
Reprodução Prefeito achou somente 13,25 no cofre

O novo prefeito de Alto da Boa Vista, (1059 km de Cuiabá), Wanderley Perin (PR), informou que entrou com mandado de segurança na sexta-feira (10) contra o presidente da Câmara de Vereadores, Juarez Lopes de Souza (PR), que está segundo ele, desaparecido para atrapalhar a sua posse. Perin foi 2º colocado na eleição de 2008 e foi convocado pelo Tribunal Regional Eleitoral (TER) para assumir a prefeitura com a cassação de ex-prefeito Aldecides Milhomem (DEM) por crime eleitoral de abuso econômico.

Mesmo com a determinação judicial, Perin conta que está enfrentando dificuldade para exercer o cargo e que o presidente do legislativo estaria desaparecido com o livro de ata da Câmara de Vereadores e o termo de posse do 2º colocado para prejudicá-lo. “Eu assumi, mas preciso desse termo de posse até para ter acesso às contas do município”, explicou. O mandado de segurança foi protocolizado na comarca de São Felix do Araguaia para apreciação do juiz Márcio Antônio Canavarro apreciar.

O novo prefeito admite que ontem sua equipe arrombou o cofre da prefeitura para verificar quanto que o município dispõe em dinheiro e segundo ele foram encontrados somente R$ 13,25. Porém o republicano esperava contar com R$ 737.605,27 para efetuar o pagamento dos servidores referentes ao mês de maio. “É mais uma situação que o ex-prefeito vai ter que se explicar para Justiça”, frisou. Perin acusa que Aldecides fugiu na caminhonete F-4 de propriedade da prefeitura.

Perin afirma que está sendo ameaçado principalmente de aliados do ex-prefeito que estão descontentes com a decisão da Justiça Eleitoral e já comunicou esse fato para a polícia e ao juiz de São Felix.

O ex-prefeito Aldecides Milhomem, através de sua assessoria, alega que não está foragido e estaria em Brasília tentando um recurso junto ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) para retornar ao cargo. O democrata afirma que não foi notificado pelo TRE e por isso entende que a posse do 2º colocado ainda é ilegal.


Notícias Relacionadas »
Comentários »

Com UTIs lotadas, Barra do Garças deve ou não aderir lockdown? 3 pacientes aguardam vagas

75.1%
23.6%
1.3%