Araguaia Notícia  Publicidade 1200x90
08/05/2017 às 23h01min - Atualizada em 08/05/2017 às 23h01min

Nada de novo: após quatro dias ainda não há pistas do agrônomo que está sumido

Clodoeste Kassu / Água Boa News
A esposa do agrônomo Eder Tadeu Maciel Costa, Letícia Bueno informou que até esta segunda-feira (8) a tarde ainda não foi encontrada nenhuma pista do paradeiro do seu esposo. “Hoje estivemos  no banco e ele não movimentou a conta. Nós todos esperamos que ele esteja bem e que entre em contato conosco o mais rápido possível”.
 
Ela ainda informou que os investigadores buscam agora localizá-lo usando seu endereço de e-mail para saber se existiu alguma tentativa de acesso.
 
O rastreio do aparelho celular também foi tentando pela polícia, porém sem êxito. Além disso, uma informação teria sido repassada por um fazendeiro da região, mas a situação ainda não foi confirmada. Como o Agua Boa News já havia informado que um fazendeiro teria contado que um caminhoneiro disse pra ele que viu uma pessoa com as mesmas características do Eder pedindo carona, pois teria sido assaltado. Mas não e sabe se isso procede porque o caminhoneiro não foi encontrado.
 
A família, que não tinha conhecimento de nenhum desentendimento ou ameaça ele.
 
Qualquer informação que leve ao paradeiro do agrônomo poderá ser através dos telefones 190 e197 da Polícia Militar e Civil. A família desesperada agradece.

O desaparecimento do agrônomo foi registrado depois que ele abandonou o veículo da empresa, modelo Sandero de cor prata em uma plantação aos fundos da Fazenda Água Boa. O rastreador do carro mostra que Eder saiu por volta das 5h da manhã de sexta, passou em uma madeireira e pegou a BR-158. Após dez quilômetros na rodovia, entrou em uma estrada vicinal de terra, que dá acesso aos fundos da Fazenda Água Boa e é usada para chegar à MT-240 (sentido Nova Nazaré).

Ali, o Sandero andou cerca de quatro quilômetros, saiu da pista, entrou na lavoura, bateu em uma pedra e teve o pneu dianteiro furado. Por volta das 10h da manhã o pneu foi trocado, mas o motorista não conseguiu retirar o veículo de lá. Desde então não se tem notícias do agrônomo.

Tanto a empresa de rastreamento quanto a polícia já fizeram buscas à pé e de moto nas proximidades do local. Na tarde de sábado (6), Divino José, locutor da Rádio Interativa, fez imagens aéreas com um drone. Nas imagens é possível ver que o carro percorreu um grande trecho na lavoura.

O rapaz é natural de Diamantino e mora em Nova Mutum. Ele havia sido transferido para a cidade de Água Boa há vinte dias, e já havia alugado uma casa para se mudar com a família.

Araguaia Notícia  Publicidade 790x90


Entre no grupo do Araguaia Notícia no WhatsApp e receba notícias em tempo real  CLIQUE AQUI
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Araguaia Notícia  Publicidade 1200x90