25/04/2017 às 18h42min - Atualizada em 25/04/2017 às 18h42min

Movimento SOS Araguaia teve encontro com governador e secretario do meio ambiente

SOS Rio Araguaia
Nesta quarta-feira, o Movimento SOS Rio Araguaia foi recebido pelo governador de Goiás Marconi Perillo e em seguida pelo secretario Vilmar Rocha da Secretaria de Meio Ambiente, Recursos Hídricos, Infraestrutura, Cidades e Assuntos Metropolitanos (Secima). Nos dois encontros foram tratados os danos ambientais causados pelas captações irregulares de água por alguns agricultores do Vale do Araguaia.

O governador destacou que, diferente do município de Aruanã, a maioria dos municípios do Vale do Araguaia não contam com a exploração do turismo. Com isso, sendo preciso encontrar soluções viáveis que atenda a todos e preserve “o Rio Araguaia que é um bem imaterial dos goianos”, frisou Marconi Perillo.

Por ter o curso de água banhando também os estados de Mato Grosso, Tocantins e Pará, o governador comprometeu-se com a solicitação de conduzir o tema no Fórum dos seis estados (Mato Grosso, Goiás, Mato Grosso do Sul, Tocantins, Rondônia e o Distrito Federal) que formam o Consórcio Brasil Central (CBC). “Peço apenas que o grupo elabore uma nota técnica da situação do Araguaia e, como presidente do Consórcio, irei pautar o assunto no próximo encontro”, disse Perillo.

Neste sentido, o secretario da Secima, Vilmar Rocha, garantiu que estará trabalhando em conjunto com os demais secretários do CBC para incluir na agenda da reunião do Fórum o tema: Rio Araguaia e seus afluentes. Além disso, convidou o Movimento para estar expondo durante o evento uma apresentação técnica e soluções possíveis para a sustentabilidade ambiental, econômica e social da região.

Como preparação para o Fórum o secretario agendou com o Movimento SOS Rio Araguaia uma reunião para o dia 4 de maio, às 10h da manhã, em seu gabinete, tendo a participação de técnicos da Agência Nacional de Águas (ANA), IBAMA e Secima.
Notícias Relacionadas »
Comentários »