19/04/2017 às 21h23min - Atualizada em 19/04/2017 às 21h23min

Diretora diz que denúncia de lixo hospitalar pode ter sido sabotagem

Araguaia Notícia
A diretora do Hospital Getúlio Vargas de Aragarças-GO, Joelza Peres, esteve na delegacia na quarta-feira (19/4) pedindo abertura de inquérito policial para apurar uma possível sabotagem contra o hospital com relação a uma denúncia de lixo hospitalar que estaria sendo jogado sem critério no aterro sanitário do município.

A diretora disse que o lixo hospitalar é acompanhado rigorosamente pela equipe do hospital e acredita que o vídeo pode ter sido produzido por pessoas – segundo ela – interessadas em prejudicar a imagem da administração José Elias. Joelza disse que tem provas de que pessoas contrárias ao prefeito estiveram no hospital no dia 7/4 justamente no dia em que o vídeo teria sido gravado e posteriormente lançado na rede social.

“Nós temos um galpão que fica fechado com os sacos brancos e um freezer para acondicionar o resto de material cirúrgico. Ninguém deixa lixo hospitalar jogado de qualquer forma. Por isso nós queremos que a polícia apure se houve ou não uma sabotagem com intenção de prejudicar a imagem do hospital”, destacou Joelza.

A diretora concedeu várias entrevistas na tarde de quarta-feira para imprensa local explicando o episódio. “Nós passamos os nomes de alguns suspeitos e cabe a polícia apurar o que essas pessoas estariam fazendo no hospital e logo na sequencia surgiu o vídeo”, destacou.

Esse assunto também chegou ao Palácio Araguaia onde fica o prefeito José Elias. Ele informou que foi procurado por uma pessoa interessada em ‘vender’ as filmagens para tentar abafar o caso. Com tudo, o prefeito disse que não aceitou a chantagem e decidiu enfrentar o problema reportando ao conhecimento da autoridade policial.
 
Notícias Relacionadas »
Comentários »