13/04/2017 às 06h39min - Atualizada em 13/04/2017 às 06h39min

Governo decreta estado de emergência em mais seis municípios do Araguaia

Assessoria
Sete municípios em Mato Grosso estão em estado de emergência devido a estragos causados pela chuva. A medida foi publicada na terça-feira (11/4) no Diário Oficial do Estado (DOE) por recomendação da Defesa Civil, que identificou risco de acidente e desastre pontos dos municípios.  A situação foi declarada para Aripuanã, Canarana, Confresa, Luciara, Novo Santo Antônio, Porto Alegre do Norte, São José do Xingu e Vila Rica. Os decretos foram assinados pelo governador Pedro Taques.

Na quinta-feira (6/4), o governo federal reconhecera a situação de emergência Aripuanã, Confresa, Luciara, e Porto Alegre do Norte que pediram ajuda para mitigar os danos nos municípios causados por fortes chuvas dos últimos dias. O reconhecimento possibilita que as prefeituras peçam recurso financeiro para serviços.

Conforme a Defesa Civil, os municípios têm estradas interditadas por atoleiros, pontes destruídas e pontos de enchente. O órgão informou ainda que persistem as fortes chuvas que começaram a cair na semana passada.

Até fevereiro, 14 municípios de Mato Grosso já haviam declarado estado de emergência por conta de estragos causados pela chuva. A Defesa Civil disse que vem realizando monitoramento diário da precipitação acumulada e o nível de água dos maiores rios em Mato grosso para ter informações sobre possíveis inundações.

Ainda segundo a Defesa Civil, as chuvas são originárias de uma área de alta pressão na Bolívia que trouxe umidade para Mato Grosso e há também uma massa de ar quente e úmida sobre o estado vinda da região Norte do país.
Notícias Relacionadas »
Comentários »