13/11/2012 às 14h15min - Atualizada em 13/11/2012 às 14h15min

Promotora pede afastamento de prefeito no Araguaia

Olhar Direto
Semana 7

A promotora Vânia Marçal pediu sexta-feira (9) o afastamento do prefeito de Aragarças-GO, Marcos Antônio, conhecido Marcão (PT), por não cumprir serviços essenciais do município e dificultar a transição de governo. Segundo a promotora, a cidade goiana de 18 mil habitantes, divisa com Barra do Garças, está enfrentando problemas de limpeza pública, saúde e até mesmo abastecimento do veículo do Conselho Tutelar.

O pedido da promotora pede a antecipação de tutela, ou seja, o afastamento imediato do prefeito petista cujo documento deve ser avaliado até a próxima sexta-feira pelo Poder Judiciário de Goiás.

Houve o pedido de urgência para julgamento do pedido, porém a comarca de Aragarças está sem juiz desde quinta-feira (8) com a transferência da juíza Flávia para outro Fórum. Segundo a promotora Vânia, o pedido do MP deve ser avaliado pelo juiz da cidade de Caiapônia-GO.

Marcão, que está no seu segundo mandato de prefeito, nega que o município esteja em caos e explica que suspendeu alguns contratos para fechar as contas da prefeitura até 31 de dezembro. A oposição, por sua vez, afirma que o município está jogado as traças e se deve ao fato que o candidato do Marcão, secretário Vladimir Marcelo, ter perdido a eleição para Aurélio Mendes (PSDB).

O tucano reclama que não teve acesso a prefeitura e que o prefeito petista não estaria cumprindo a lei de transição para nomear uma equipe de 3 pessoas do atual prefeito e 2 do prefeito eleito. Mendes já comunicou a promotora e o Tribunal de Contas de Goiás sobre a dificuldade que ele está tendo de entrar na prefeitura. 


Notícias Relacionadas »
Comentários »