24/03/2017 às 15h20min - Atualizada em 24/03/2017 às 15h20min

Frigorífico suspende abates devido a crise no setor após operação da PF

Agência da Notícia
A unidade frigorífica instalada em Confresa suspendeu os abates, pelo menos, até segunda-feira, dia 27. A medida foi anunciada pela Friboi, detentora de 36 frigoríficos no pais, sendo 11 deles em Mato Grosso, entre eles o que está na maior cidade da região Norte Araguaia. 

A decisão foi tomada, segundo a empresa, para aguardar uma definição quanto aos embargos anunciados por alguns países a compra de carne do Brasil. Decisão tomada após uma Operação da Polícia Federal levar para a cadeia empresários e fiscais suspeitos de adulterarem produtos, disponibilizando no mercado carne com qualidade duvidosa.

Mesmo que a unidade de Confresa volte a funcionar na semana que vem, a ordem da empresa é para que a capacidade seja reduzida em 35%, o que pode, e irá influenciar o mercado local, com prejuízo para produtores e consumidores. O trabalhadores da unidade de Confresa estão apreensivos quanto a possibilidade de demissões, caso o número de abates caia consideravelmente com a perda de mercados internacionais.

Não foi confirmado se a carne abatida em Confresa seria destinada ao mercado interno ou para exportação. 
Até o momento, pelo menos oito países anunciaram a suspensão de compra da carne brasileira em decorrência da operação da Polícia Federal: México, Japão, Chile, Suíça, China, Hong Kong, África do Sul e Egito. Além disso, a União Europeia e a Coréia do Sul anunciaram embargos. A Coréia, no entanto, voltou atrás da decisão.
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Com UTIs lotadas, Barra do Garças deve ou não aderir lockdown? 3 pacientes aguardam vagas

75.1%
23.6%
1.3%