21/03/2017 às 16h03min - Atualizada em 21/03/2017 às 16h03min

1ª Corrida Maria da Penha é realizada pela PJC de Barra do Garças

Assessoria | PJC-MT
Inserida dentro das celebrações pelo dia internacional da mulher, a Polícia Judiciária Civil de Barra do Garças (509 km a Leste), por meio da Rede de Enfrentamento, realizou mais uma importante iniciativa na luta pelo fim da violência de gênero.

A primeira Corrida Maria da Penha aconteceu no sábado (18) e teve como ponto de partida e chegada a Delegacia Especializada de Defesa da Mulher de Barra do Garças.

Participaram da ação cerca de 172 atletas, incluindo policiais civis e militares, agentes prisionais e servidores da Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec).

De acordo com a policial civil Andreia Guirra, que atua na linha de frente da Rede de Enfrentamento da Violência Doméstica Contra a Mulher (um conglomerado de instituições na luta pela defesa da mulher), o objetivo é buscar realizar anualmente o evento. “O sucesso dessa primeira edição com o envolvimento da população de Barra do Garças e de inscritos do Estado de Goiás, e de outras cidades mato-grossenses como Cuiabá e Rondonópolis, nos anima a seguir adiante com o projeto”, avalia.

O evento, com a premiação de quase R$ 10 mil para os primeiros colocados, foi realizado pela Rede de Enfrentamento em parceria com o curso de Educação Física da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT) e Conselho da Comunidade de Barra do Garças. O primeiro lugar geral recebeu a prêmio de R$ 1 mil. 

Os participantes contribuíram com um quilo de alimento não-perecível, que foi doado à Associação de Combate ao Câncer Barra Mama.


Notícias Relacionadas »
Comentários »

Com UTIs lotadas, Barra do Garças deve ou não aderir lockdown? 3 pacientes aguardam vagas

75.0%
23.7%
1.3%