21/03/2017 às 13h32min - Atualizada em 21/03/2017 às 13h32min

"Voar" ainda e um desafio e são apenas três destinos e passagens ainda são caras

Agência da Notícia
O fortalecimento da aviação regional é uma bandeira levantada por diversos gestores da região Norte Araguaia, a apontada como um dos investimentos necessários para o desenvolvimento local, mas o Agência da Notícia fez um levantamento e a constatação não foi nada boa. Confresa, a maior cidade da região tem conexão com apenas três cidades e o preço das passagens ainda assusta.

Sair de Confresa e ir até Cuiabá custa, no mínimo, a bagatela de aproximadamente R$ 1.600,00 por pessoa. A viagem tem cerca de cinco horas de duração e conta com uma escala em Água Boa. Interessante é que a diferença no valor da passagem entre quem embarca em São Félix do Araguaia ou em Confresa praticamente não existe, e há uma distância considerável entre as cidades. A rota da aeronave é a seguinte:

O avião sai de São Félix do Araguaia e faz conexões em Confresa e Água Boa, até seguir para Cuiabá. Quem pretende deixar Confresa de avião só tem as cidades citadas anteriormente como destino, caso contrário, precisa alugar uma aeronave ou pegar a estrada. A empresa responsável pelo setor não divulgou o número de passageiros, que em média, utilizam as rotas, mas já ameaçou deixar de operar na região por falta de passageiros. 

Quem está em Água Boa paga cerca de R$ 1.100 para viajar até Cuiabá. E a passagem para Confresa custa R$ 469,00. O governador do estado de Mato Grosso deve anunciar durante a participação dele na Dinâmica de Empreendimentos e Empreendedores de Porto Alegre do Norte que será criado nesta cidade o aeroporto regional do Norte Araguaia, tendo em vista que a prefeitura já conta com uma pista asfaltada e o município é bem localizado, podendo atender passageiros de diversas cidades.

No momento nenhuma empresa opera em Porto Alegre do Norte.
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Com UTIs lotadas, Barra do Garças deve ou não aderir lockdown? 3 pacientes aguardam vagas

75.0%
23.7%
1.3%