19/03/2017 às 20h29min - Atualizada em 20/03/2017 às 06h29min

Motorista pode responder por homicídio culposo em acidente que matou jovem

G1-MT

O motorista de uma caminhonete que perdeu o controle do veículo e caiu em uma lagoa no município de Querência, deve responder por homicídio culposo após a morte da garota Tainara de Moraes Machado, de 17 anos, que era passageira do veículo. Ela e outras três pessoas estavam no carro no momento do acidente. De acordo com a Polícia Militar, o médico que atendeu a ocorrência o motorista apresentava sinais de embriaguez. Ele foi detido e conduzido para a Central de Flagrantes.

Tainara morreu no local. As outras vítimas ficaram feridas e foram encaminhadas para uma unidade de saúde daquele município. Não há informações sobre o estado de saúde das vítimas.
 
Segundo a Polícia Civil, o condutor do veículo já prestou depoimento e foi liberado. Ele deve responder por homicídio culposo, quando não há intenção de matar.

O acidente

À polícia, o motorista afirmou que seguia na pista correta quando viu duas carretas vindo em sua direção, sendo que uma delas estava ultrapassando a outro veículo de carga. Ele contou que tentou desviar e caiu na lagoa, que fica a aproximadamente 25 km da zona urbana daquele município, como consta no boletim de ocorrência. Eles seguiam no sentido Distrito Coutinho União-Querência.

O motorista disse que tentou socorrer, primeiro, as duas vítimas que sobreviveram e, em seguida, retirou Tainara, que já estava morta. Em depoimento à Polícia Civil, o motorista de uma ambulância, que seguia pela via e socorreu as vítimas, afirmou ter tentado reanimar a vítima, porém, ela já estava sem vida.

Desse modo, ele levou as outras vítimas ao hospital, deixou Tainara no local e acionou a polícia.
Tainara morava em Água Boa, onde o corpo dela foi velado e sepultado.
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Com UTIs lotadas, Barra do Garças deve ou não aderir lockdown? 3 pacientes aguardam vagas

75.1%
23.6%
1.3%