15/03/2017 às 22h12min - Atualizada em 15/03/2017 às 22h12min

Área residencial é excluída do estacionamento faixa azul que será implantado em Barra do Garças

Francis Amorim / Rdnews
WhatsApp
Áreas consideradas residenciais no setor Central, em Barra do Garças, foram excluídas do mapa do Estacionamento Rotativo Pago, denominazado Faixa Azul, que está em fase de implantação no município. A medida foi tomada depois de exaustivas reuniões, discussões e acordos firmados entre a prefeitura, Câmara, CDL e a empresa BR Tran Soluções em Trânsito, vencedora do processo de concorrência pública.

O quadrilátero mapeado, que abrangeria a avenida Antônio Paulo da Costa Bilego e ruas Independência, Carlos Gomes e Simeão Arraya, foi redimensionado com a exclusão de 10 ruas. Os locais excluídos foram considerados residenciais e, portanto, não encaixariam no projeto que prevê a exploração do estacionamento no setor comercial da cidade.

De acordo com o novo mapa, foram excluídas da Área Azul a avenida Antônio Paulo Bilego, e as ruas Independência (antes da Bororos), Travessa das Bandeiras, Voluntários da Pátria, Caiapó, Salesianos, Castro Alves, Carlos Gomes antes da Monteiro Lobato, Couto Magalhães e Simeão Arraya, antes da XV de Novembro e próximo a Bororos. Os pontos que já tinham sido marcados foram eliminados.

O redimensionamento havia sido discutido na Câmara, contudo, somente com a participação de entidades representativas do comércio é que se chegou ao entendimento preliminar. “Nós apoiamos a criação da Área Azul, mas, dentro dos limites do setor comercial, onde existe uma dificuldade enorme para se estacionar. Houve uma redução, mas a ideia era reduzir ainda mais”, diz o presidente da CDL, José Vitorino Neto.

O lojista ressalta que Barra do Garças se transformou em um polo comercial para Araguaiana, Pontal do Araguaia, General Carneiro, Torixoréu, Ribeirãozinho, Aragarças e Bom Jardim, em GO, e outras cidades da região, mas os consumidores, quando chegam à cidade enfrentam justamente a falta de estacionamento, cujas vagas estão sendo ocupadas pelos funcionários das lojas. “Precisávamos da ampliação de vagas para atender esse público”, explica.

Modelo

Para a implantação da Área Azul no município, a prefeitura buscou o auxílio de cidades que enfrentaram os mesmos problemas, mas que conseguiram vantagens após a criação do estacionamento. Rio Verde (GO), distante 330 km de Barra, serviu como modelo, onde o projeto foi implantado e hoje recebe elogios de comerciantes e usuários.

Durante o processo de implantação, houve resistências, críticas, mas hoje a população reconhece os benefícios diante da facilidade em encontrar um local para se estacionar.
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Com UTIs lotadas, Barra do Garças deve ou não aderir lockdown? 3 pacientes aguardam vagas

74.9%
23.7%
1.3%