13/03/2017 às 15h46min - Atualizada em 13/03/2017 às 15h46min

Professora é degolada pelo namorado, que ateia fogo em casa e atira contra própria cabeça

O Independente
A professora Mair Anatália de Jesus Tessaro, 52 anos, foi brutalmente assassinada pelo namorado, na noite de domingo (12), dentro de sua casa, no bairro Nosso Lar, em Brasnorte (554 km ao Norte de Cuiabá).

Ela foi degolada por Edivaldo Minervino de Almeida, 42 anos, por volta de 22h10.

De acordo com a Polícia Civil, eles estavam namorando há cerca de 4 meses e estavam discutindo quando Edivaldo começou a ameaçar a namorada com uma faca. Ela correu para o banheiro, que era o único cômodo de alvenaria da casa de madeira e se trancou.

Do celular, ela telefonou para uma amiga e pediu que avisasse à Polícia.

Após algum tempo, a professora saiu do banheiro, quando foi surpreendida por Edivaldo, que a golpeou com uma faca no pescoço.

Por não haver sinais de arrombamento, a Polícia Civil acredita que ela tenha imaginado que o agressor tivesse ido embora ou que tenha ouvido o barulho da viatura e saído do banheiro, pensando estar segura.  

Após matar a namorada, o criminoso ateou fogo na residência e permaneceu no local. Antes de ser sufocado pela fumaça, ele ainda pegou uma espingarda e atirou contra a própria cabeça.  

A casa de madeira foi rapidamente consumida pelas chamas. O corpo do assassino e suicida ficou carbonizado da cintura para baixo. Familiares fizeram o reconhecimento.

Na manhã desta segunda-feira (13), o local da tragédia é alvo da Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec). A investigação será realizada pela Polícia Civil de Brasnorte, sob coordenação do delegado Wanner dos Santos Neves.

Luto em Brasnorte

Conforme a imprensa local, o crime deixou a população do município horrorizada.

A professora Mair era muito conhecida na cidade, por atuar durante muitos anos na rede municipal de ensino.

Na manhã desta segunda-feira (13), o prefeito de Brasnorte, Mauro Rui Heisler, decretou luto oficial de três dias pela morte da servidora. Foi decretado ponto facultativo nas escolas, creches e na Secretaria Municipal de Educação e Cultura e no Paço Municipal.
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Com UTIs lotadas, Barra do Garças deve ou não aderir lockdown? 3 pacientes aguardam vagas

75.1%
23.6%
1.3%