08/03/2017 às 20h17min - Atualizada em 08/03/2017 às 20h17min

Menores envolvidos em latrocínio de irmão de ex-prefeito fogem do Fórum antes de audiência

Araguaia Notícia
Dois irmãos menores acusados de envolvimento no latrocínio (roubo seguido de morte) do ex-proprietário de uma boate em Goiânia, Matheus Coelho, 32 anos (irmão do ex-prefeito de Goiatuba Marcelo Coelho) fugiram na tarde de quarta-feira (8/3) do Fórum de Aragarças-GO. Eles estavam ‘internados’ no socioeducativo na cidade de São Luís Montes Belos e foram recambiados para serem ouvidos no processo que apura o latrocínio.

De acordo com informações, os menores estavam sem algemas no corredor do fórum aguardando a audiência quando houve um descuido da guarda que estava com eles e os meninos escaparam tomando rumo ignorado.

A Polícia Militar e Polícia Civil foram acionadas na seqüência e fizeram uma varredura por toda a cidade de Aragarças, mas não conseguiram localizar os infratores. No final da noite houve uma informação que dois garotos tentaram tomar em assalto uma moto em Bom Jardim-GO e a polícia acredita que sejam eles.

A morte de Matheus Coelho aconteceu de uma forma cruel no dia 2/3 em que a vítima foi esfaqueada no pescoço e asfixiada com um fio dentro do carro, um Toyota Corolla, quando os menores participaram do crime juntamente com o tio Marcos da Silva que era caseiro na chácara alugada por Matheus para passar o carnaval.

O crime foi descoberto com apoio da polícia de Mato Grosso com a PM recuperando o carro na cidade de Araguaiana onde os bandidos pretendiam vende-lo por 8 mil e na seqüência com a Polícia Civil de Araguaiana e o Garra de Barra do Garças descobriram manchas de sangue no carro e autoria. Os envolvidos foram presos com apoio da Polícia Militar de Goiás. E o corpo descoberto na entrada de um chácara na Br 070 no dia 4/3.

Matheus era proprietário de uma grande boate em Goiânia e o irmão dele Marcelo foi prefeito na cidade de Goiatuba.
“Tão logo fomos informados da fuga estamos mobilizados para recapturar esses garotos”, destacou o capitão Giovane da PM.

 
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Com UTIs lotadas, Barra do Garças deve ou não aderir lockdown? 3 pacientes aguardam vagas

75.1%
23.6%
1.3%