06/03/2017 às 11h29min - Atualizada em 06/03/2017 às 11h29min

Mergulhadores e labradora reforçam buscas por crianças em rio de MT

G1 MT
Uma equipe de mergulhadores do Corpo de Bombeiros de Cuiabá deve reforçar as buscas pelas duas crianças de 8 e 9 anos que estão desaparecidas desde o último dia 27, depois de caírem no Rio Guaporé, em Vila Bela da Santíssima Trindade, a 562 km de Cuiabá. Atualmente, o trabalho é feito por quatro profissionais, sendo três mergulhadores e um oficial.
 
Além dos mergulhadores, a cachorra da raça labradora Sharon, especializada em busca e salvamento, também vai participar da ação, segundo o Corpo de Bombeiros. Os profissionais partiram de Cuiabá no início da manhã e devem reforçar a equipe.

Sheron tem três anos e foi treinada por capitão dos bombeiros (Foto: Cristina Mayumi/ TVCA)

Sheron tem três anos e foi treinada por capitão dos bombeiros (Foto: Cristina Mayumi/ TVCA)



"É possível que estejam distantes, por causa da correnteza e do tempo em que sumiram", afirmou o soldado Leonardo Moraes, do Corpo de Bombeiros.

O cão farejador vai fazer as buscas nas margens do rio. Sharon já recebeu o 'Certificado Nacional de Busca, Resgate e Salvamento', em uma competição nacional dos bombeiros.

As buscas também são feitas de barco. Segundo o bombeiro, o rio ainda está cheio.
 
De acordo com o corpo de bombeiros os dois irmãos desapareceram durante uma pescaria.  

Carlos Daniel David, de 8 anos, e o amigo dela estavam pescando em um barranco que desmoronou. A avó de Carlos, Ivani dos Santos David, contou que o neto faria aniversário no próximo dia 11. "Estamos vivendo momentos de angústia e incerteza todos esses dias. Ao mesmo tempo que temos esperança, não sabemos se vamos encontrar os corpos", afirmou.

Um deles caiu no rio e, quando o amigo tentou ajudá-lo, também caiu nas águas.
 
As buscas pelas crianças são realizadas desde a data do desaparecimento.
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Com UTIs lotadas, Barra do Garças deve ou não aderir lockdown? 3 pacientes aguardam vagas

74.9%
23.7%
1.3%