28/02/2017 às 10h58min - Atualizada em 28/02/2017 às 10h58min

Situação é crítica no Norte Araguaia, várias comunidades estão isoladas devido as chuvas

Agência da Notícia
A quantidade de chuva na região do Norte Araguaia pegou muitas cidades de surpresa, e a maioria delas enfrenta dificuldades com as estradas vicinais e as MTs. Em Porto Alegre do Norte, cidade com aproximadamente 11 mil habitantes vem sofrendo com a quantidade de chuvas, principalmente por ser uma região muito plana e estar no meio de dois grandes rios à margem esquerda do rio Xavantino afluente do rio Araguaia e no fundo, à margem do rio Fontoura afluente do rio Xingu além do principal Rio que é o Tapirapé que fica bem na entrada da cidade. Todos os rios encheram consideravelmente provocando uma situação caótica no município.

Praticamente todas as estradas vicinais que ligam os assentamentos, zonas rurais e o Distrito de Nova Floresta estão em estado crítico, em alguns lugares as comunidades estão isoladas porque o nível da água ultrapassou as pontes.

Os alunos também estão sendo prejudicados principalmente os da Zona Rural, um exemplo é a Colônia Goiás onde os alunos ainda não iniciaram o ano letivo, justamente pelas péssimas condições das estradas.

Além disso os produtores rurais começam a sofrer perca com a lavoura, não há ainda um número preciso de prejuízos, mas existem produtores ilhados que não conseguem escoar a produção agrícola.

O município também tem uma forte bacia leiteira, porém algumas comunidades os caminhões não conseguem tem acesso as fazendas para buscarem o produto, é o exemplo do P.A Piracicaba que não consegue escoar o leite há cerca de um mês.

O Prefeito de Porto Alegre do Norte Daniel do Lago está extremamente preocupado com a situação e tem feito o possível para amenizar os problemas. “Praticamente não há o que ser feito, porque as chuvas não cessam, e tudo que se faz é paliativo, é um momento que devemos ter calma e depois encontrar soluções para que isso não volte a ocorrer, mas a secretaria de obras e toda a Prefeitura tem se empenhado em tentar diminuir o problema ao máximo”, explicou o Prefeito.

A Prefeitura de Porto Alegre do Norte está fazendo relatório para analisar um possível decreto de emergência.
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Com UTIs lotadas, Barra do Garças deve ou não aderir lockdown? 3 pacientes aguardam vagas

74.2%
24.4%
1.3%