27/02/2017 às 20h39min - Atualizada em 27/02/2017 às 20h39min

Bombeiros salvam índios após colisão de lanchas no rio Araguaia

O Repórter do Araguaia
Uma situação atípica na cidade de São Felix do Araguaia, no sábado (25/2), terminou com uma colisão de duas lanchas no rio Araguaia que jogou na água vários índios karajás que deslocavam nas embarcações sem iluminação. Foi aí que entraram em ação uma guarnição do Corpo de Bombeiros que estavam atuando na cidade de São Felix do Araguaia com o subtenente Rodrigues e soldado Wender.
 
Eles conseguiram retirar das águas os índios após a colisão das embarcações. A presença dos bombeiros nesse período de carnaval em São Felix do Araguaia se deve a uma parceria que foi firmada pela prefeitura, Câmara Municipal e a 4ª companhia de Nova Xavantina.
 
Os bombeiros que estavam fazendo uma inspeção no local do carnaval quando foram avisados da colisão das lanchas e nesse momento entraram em ação tirando somente os calçados e de calça mesmo entraram no rio. Eles nadaram doze metros e resgataram um bebê recém nascido, duas adolescentes e uma mulher adulta. As vítimas foram atendidas no hospital regional de São Félix do Araguaia e passam bem.
  
Ser quase um super-herói. Salvar vidas, apagar fogo. Para os bombeiros, garantir o bem-estar dos outros implica enfrentar situações de risco elevado. Com tanta coragem, esses profissionais inspiram os melhores sentimentos nas crianças e a admiração dos adultos. Parabéns pela coragem e dedicação, não é fácil escapar da rotina muitas vezes corrida e estressante. A população são-félixcenses agradece e nos sentimos orgulhosos pelo ato heróico realizado pela guarnição, colocando a própria vida em risco para salvar outras é de uma beleza singular.
 
Além de combater incêndios, os bombeiros agem em grandes enchentes, deslizamentos de terra, acidentes de trânsito e afogamentos. “Todo bombeiro é preparado para atuar em vários tipos de emergência. É preciso estar preparado para atuar em situações extremas. Por isso, os treinamentos são muito rigorosos.
 
Os Brigadistas também participaram do resgaste, além da Marinha do Brasil que contribuiu , levando-as o barco de apoio local para retirada das vítimas da água. A 4ª Companhia do Corpo de Bombeiros Militar de Nova Xavantina-MT iniciou os trabalhos no sábado e vão ficar até o dia 28 de fevereiro no encerramento do carnaval.
 
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Com UTIs lotadas, Barra do Garças deve ou não aderir lockdown? 3 pacientes aguardam vagas

74.1%
24.5%
1.4%