16/02/2017 às 17h46min - Atualizada em 16/02/2017 às 17h46min

Operação conjunta prende dois e recupera objetos furtados

Agência da Notícia
Visando o combate a criminalidade e repressão aos furtos, no município de Nova Xavantina (645 km a Leste), uma ação conjunta foi deflagrada pela Polícia Judiciária Civil e Polícia Militar, na manhã de terça-feira (14.02), para cumprimento de mandados de busca e apreensão domiciliar.

O alvo do trabalho em conjunto realizado pelas forças de Segurança Pública de Nova Xavantina foi três casas suspeitas. Duas pessoas foram presas e apreendidos uma arma de fogo, dinheiro, e objetos de origem ilícitas.
Felipe Simoes Costa, 30, foi autuado em flagrante pelo crime de receptação. Ele optou por não pagar o valor da fiança, e foi transferido para o Presídio de Água Boa. 

O segundo suspeito, Edivaldo Pinto, foi preso por posse irregular de arma de fogo. Após efetuar o pagamento da fiança, foi liberado e responderá ao inquérito policial em liberdade.

Os mandados judiciais foram expedidos pela Justiça, durante investigação para esclarecer vários furtos à residências ocorridos na cidade. Com apoio da Agência Regional de Inteligência da Polícia Militar de Água Boa, a Polícia Civil de Nova Xavantina conseguiu identificar dois homens, que usavam um veículo Corsa branco, para cometer os crimes.

Na casa de Felipe, os policiais encontraram um roteador wi-fi, furtado dias antes, além de apreender mais de R$ 3 mil, em dinheiro, entre outros objetos, sem comprovação fiscal.

O suspeito Felipe já possui passagem pela polícia por furto e tráfico de drogas.

Durante buscas na fazenda do pai de Felipe, foi localizada uma arma de fogo, modelo carabina 22, com 19 munições, que estava em posse do caseiro Edivaldo Pinto.

Questionado, o funcionário da propriedade rural alegou que o seu padrão havia arrendado a terra do pai de Felipe, e que a arma foi deixada para o caseiro se defender. No local foi encontrado também duas baterias 150 Amperes, supostamente deixadas pelo pai de Felipe.

A ação contou com a participação da equipe da Força Tática e do Grupo CAR de Água Boa.

As polícias orientam os moradores da região vítimas de furtos, que compareçam na Delegacia de Polícia de Nova Xavantina para fazer o reconhecimento dos objetos que foram recuperados.
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Com UTIs lotadas, Barra do Garças deve ou não aderir lockdown? 3 pacientes aguardam vagas

74.3%
24.3%
1.4%