14/02/2017 às 20h25min - Atualizada em 14/02/2017 às 20h25min

Acusados de homicídio e tentativa são presos em Vila Rica

PJC-MT
Em um final de semana, dois homens envolvidos com crimes de homicídio foram autuados em flagrante pela Polícia Judiciária Civil, no município de Vila Rica (1.259 km a Nordeste). No primeiro fato o suspeito foi preso por homicídio, e no segundo trabalho o autor responderá por tentativa de homicídio.

Na primeira ocorrência, sexta-feira (10.02), a Polícia Civil foi acionada após um homem ser encontrado sem vida em uma rua deserta de Vila Rica, com uma perfuração na altura do peito esquerdo.

Iniciada imediatamente as investigações, foi identificado J.R.A., 42, como autor do homicídio. Segundo apurado, o preso e a vítima haviam tido uma discussão na noite anterior, e logo depois ela foi encontrada morta.

Com base nas informações, os policiais conseguiram êxito em localizar o suspeito, e com ele apreendido um objeto perfurante, sendo chifre de animal. Em análise, a médica legista do município constatou que a lesão provocada no corpo da vítima era compatível com objeto apreendido em poder do suspeito.

Diante dos indícios a Polícia Civil representou pela prisão temporária de J.R.A., 42, até a conclusão dos trabalhos da Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec).

O segundo caso foi no domingo (12.02), durante um Torneio de Sinuca beneficente, a equipe da Delegacia de Polícia de Vila Rica, efetuou a prisão de um rapaz pelo crime de tentativa de homicídio.  

W.A.S. 19 anos, foi preso na companhia da menor J.S.S., 15  anos, após ambos tentarem contra a vida de outra jovem, C.P.M., 19 anos.

O crime aconteceu durante uma discussão motivada por ciúmes, em um estabelecimento denominado “Bar da Índia”, onde a adolescente de 15 anos desferiu golpes de canivete na região da barriga e braço da vítima, que também foi atingida por golpes de capacete efetuados pelo rapaz de 19 anos.

Após a agressão, C.P.M.,  foi socorrida com ferimentos graves, encaminhada ao PSM de Vira Rica, onde foi submetida à cirurgia. Já W.A.S. 19 anos e a menor J.S.S. 15 anos, foram detidos pela Polícia Militar e conduzidos à Delegacia de Polícia.  Em depoimento confessaram o crime.
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Se a empresa de Água continuar com serviço irregular, o que deve ser feito pelo prefeito? Deixê a sua opinião internauta

1.7%
5.1%
18.9%
74.4%