31/01/2017 às 07h48min - Atualizada em 31/01/2017 às 07h48min

Após assassinato de policial, 5 morrem e 3 ficam baleados em Sinop

Os crimes teriam sido cometidos por um homem de moto

Só Noticias
Uma noite sangrenta de segunda-feira para madrugada de terça-feira em Sinop. Cinco homens foram assassinados em diferentes bairros. O primeiro crime foi rua das Ameixeiras, no Jardim Celeste. Darlison Diego da Cruz,  27 nos, que estaria andando na rua foi atingido, não resistiu e morreu no local. Outro homem, que estava ao seu lado, também foi atingido pelos tiros e levado ao hospital. Não foi informado se está em estado grave. O atirador teria passado de moto e disparado.

O outro crime foi pouco depois, na rua 10 no bairro Boa Esperança. A polícia confirmou que Luciano Rafael Jesus, 19 anos, também levou alguns tiros e morreu na hora. Os disparos teriam sido feitos por um homem que fugiu em uma motocicleta. 

No Parque das Araras, na rua da Paz, Weverton Douglas dos Santos Silva, 21 anos, também foi baleado e não resistiu. Ainda não foram informadas características do atirador e se também estaria de moto.

Na rua dos Guapuruvus, no Jardim Violetas, houve a quarta execução. A vítima levou tiros e faleceu. A polícia investiga se o atirador seria o mesmo que disparou contra as outras vítimas. O nome dele ainda não foi confirmado.

No bairro São Cristóvão, na rua dos Esportes, um adolescente (cerca de 16 anos) foi ferido a tiros - um deles no peito. Foi socorrido e está no hospital. Outro homem foi atingido por tiros, no Vila Mariana, atendido pelos bombeiros e encaminhado ao hospital regional.

A quinta morte foi no início da madrugada desta 3ª feira. A polícia confirmou que Jackson Carlos da Silva, 23 anos, foi assassinado, a tiros, no residencial Sebastião de Matos. O corpo estava na residência. Não há pistas sobre o assassino.

O saldo trágico deste 2ª feira em Sinop é de 7 assassinatos. Conforme Só Notícias já informou, o policial militar Fabio Zampirão, 31 anos, foi baleado dentro de sua casa, no final da manhã, no Jardim Florença, e não resistiu. Na caçada aos criminosos, um deles foi baleado, em uma mata -onde entrou com o comparsa-, foi baleado e morreu. O outro continua sendo procurado.
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Se a empresa de Água continuar com serviço irregular, o que deve ser feito pelo prefeito? Deixê a sua opinião internauta

1.4%
5.2%
18.2%
75.2%