19/01/2017 às 17h43min - Atualizada em 19/01/2017 às 17h43min

Prefeito anuncia parcelamento de salário de dezembro por causa de dívidas de ex-prefeita

Araguaia Notícia
O prefeito Gerson Rosa (PSDB) anunciou que não tem jeito e terá que parcelar o salário de dezembro dos servidores da prefeitura de Pontal do Araguaia que não foi pago pela ex-prefeita Divina Oda.

Ele alegou que assumiu a prefeitura com dívidas da gestão passada que podem chegar a 4 milhões de reais. Uma auditoria contratada pelo tucano apurou que em dezembro, a prefeitura recebeu 2.866.485,03, todavia gastou 2.712.688,76 e ainda deixou 3.600.000,00 em dívidas para o novo gesto, inclusive a folha de pagamento de dezembro no valor de 589 mil reais.

Gerson reuniu funcionários e vereadores no plenário da Câmara Municipal para apresentar o relatório da auditoria e pediu a compreensão dos servidores. Inicialmente os funcionários ficaram contrariados, mas depois concordaram em receber 50% na terça-feira (24/1) com mais encargos e o restante do vencimento de dezembro até o dia 10 de março. “Se entrar dinheiro antes nós iremos quitar o restante”, completou. A prefeitura de Pontal tem em torno de duzentos funcionários.
 
Entre as dívidas deixadas pela ex-prefeita, a auditoria verificou empenhos na ordem de 411 mil. Sem contar algumas particularidades como a dívida de 12 mil de multas da caminhonete Amarok da prefeitura.

Em telefonia: a dívida com a Claro é de 18 mil; com a operadora Oi 40 mil; Tem ainda uma dívida de licenciamento e seguros de veículos da prefeitura atrasados de 2013 a 2016 no total de 13 mil. Ainda tem multas com Fiat Strada da Secretaria de Saúde 212,00; dívida com o Fundo Previdenciário (Funapem) é de 311.000,00; Empenhos R$ 31.000,00; Multas com a Sema 134.000,00.

Gerson ressaltou que entre os valores pagos por Divina em dezembro alguns podem ser questionáveis. E citou o pagamento de R$ 400 mil somente para um posto de gasolina. 
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Se a empresa de Água continuar com serviço irregular, o que deve ser feito pelo prefeito? Deixê a sua opinião internauta

1.4%
5.2%
18.2%
75.2%