10/11/2016 às 13h55min - Atualizada em 10/11/2016 às 13h55min

Seminário discute investimentos em aeroportos em MT

Agência da Notícia
Agência da Notícia

A Comissão de Desenvolvimento Regional e Turismo do Senado Federal e a Assembleia Legislativa realizam, na próxima sexta-feira (11.11), um seminário para avaliar o Programa de Desenvolvimento da Aviação Civil Regional, que prevê investimentos em 270 aeroportos do Brasil, incluindo 13 em Mato Grosso.

O programa está sendo avaliado pelos senadores e deputados estaduais em função da possibilidade de paralisação na aplicação dos recursos, que chegariam a R$ 7,2 bilhões, conforme anunciado pelo governo federal quando do lançamento, em fevereiro de 2009.

O seminário estará sendo realizado em Mato Grosso a pedido do senador Wellington Fagundes (PR-MT) e em parceria com o presidente da Assembléia Legislativa, deputado Guilherme Maluf (PSDB), que consideram o programa fundamental para o incremento do turismo na região. “Esse programa é essencial para um Estado com dimensões continentais e com uma localização estratégica dentro do continente”, avalia o senador.

Dos 13 aeroportos de Mato Grosso incluídos no programa, alguns já estão em fase de elaboração de anteprojeto (Alta Floresta, Barra do Garças, Cáceres, Juara, Rondonópolis, São Félix do Araguaia, Sinop, Tangará da Serra e Vila Rica). Outros estão em fase de análise de estudos preliminares (Juína, Matupá e Pontes e Lacerda). Já o de Lucas do Rio Verde está em fase de estudos de viabilidade técnica.

O seminário deve contar com a presença do presidente da Comissão de Desenvolvimento Regional e Turismo, senador Davi Acolumbre, do relator, senador Wellington Fagundes, assim como de representantes do Ministério dos Transportes, Infraero, Anac (Agência Nacional de Aviação Civil), parlamentares, prefeitos, vereadores e do setor de turismo no Estado.

O seminário começa às 09 horas, no auditório Milton Figueiredo, na Assembléia Legislativa.
 


Notícias Relacionadas »
Comentários »

Se a empresa de Água continuar com serviço irregular, o que deve ser feito pelo prefeito? Deixê a sua opinião internauta

1.2%
4.5%
17.2%
77.0%