04/11/2016 às 23h36min - Atualizada em 04/11/2016 às 23h36min

TRE acolhe recurso e descongela votos de prefeita

Ronaldo Couto
Facebook

O pleno do Tribunal Regional Eleitoral (TRE-MT) julgou favorável na noite de sexta-feira (4/11) o recurso da candidata a prefeita de Torixoréu Inês Moraes Mesquita Coelho (PP), e descongelou os votos dela. Com o provimento do recurso, Inês foi proclamada vitoriosa da eleição de 2 de outubro.

Vale dizer que Torixoréu, uma cidade de 6 mil habitantes, teve uma eleição atípica onde os dois candidatos disputaram o pleito com o registro de candidatura suspenso. Tanto Inês como também o candidato a prefeito Silvio Figueiredo (PSDB). No voto, Inês venceu por 1.520 votos contra 1.276 de Silvio.

O registro de Inês foi suspenso sob alegação de que o esposo dela, ex-prefeito Odoni Coelho, não havia desincompatibilizado do cargo de prefeito dentro do prazo de seis meses cuja decisão foi proferida pelo juiz da 47ª zona eleitoral de Barra do Garças, Wagner Plaza.

Todavia, o procurador regional eleitoral opinou pelo provimento do recurso de Inês acolhendo as provas de que Odoni já estava afastado do cargo dentro do prazo previsto, mesmo que, inicialmente, de forma provisória, do cargo de prefeito de Torixoréu. O desembargador e relator do processo Rodrigo Roberto Curvo acompanhou o parecer do procurador.

Inês é professora tem 47 anos e já ocupou os cargos de secretária de Saúde, Administração e Assistência Social na prefeitura de Torixoréu e já foi assessora da Assembléia Legislativa. Ela tem como vice-prefeito na chapa, o empresário Admilson da Agropecuária (PP).

A vitória de Inês foi bastante comemorada pelo esposo. Segundo Odoni, como um grande desabafo. “Apesar das perseguições que eu sofri ao ponto de ser afastado do cargo de prefeito, a votação dela confirma que o povo estava com a gente”, frisou.

Odoni ressaltou que a esposa venceu quatro ex-prefeitos de Torixoréu: Lincoln Saggin, Olinda Saggin, João Sá e Barriguinha que estavam no palanque de Silvio juntamente com o atual prefeito Rafael Sá. “Dos vereadores de Torixoréu somente um ficou com a gente, mas mesmo assim derrotamos esse jeito antigo de fazer política de perseguição e covardia”, frisou.

E de quebra, a coligação de Inês elegeu quatro vereadores: Poliane Figueiredo (PSB), Jonatas Sanches (PSB), José Wilton (PSB) e Robson Ney (PP).
 


Notícias Relacionadas »
Comentários »

Se a empresa de Água continuar com serviço irregular, o que deve ser feito pelo prefeito? Deixê a sua opinião internauta

1.3%
4.8%
16.7%
77.2%