26/10/2016 às 22h51min - Atualizada em 26/10/2016 às 22h51min

Frentista morre após bater moto na traseira de caminhão na Barra

Araguaia Notícia
WhatsApp Pablo não viu caminhão na pista águando plantas

Um acidente por volta das 19 horas de quarta-feira (26/10) acabou tirando a vida do jovem Pablo Souza Gama, 23 anos, que trabalhava de frentista no Posto Alê em Barra do Garças.

Segundo informações da polícia, ele estava indo de moto para casa após o trabalho na avenida Valdon Varjão quando perto da loja Havan colidiu na traseira de um caminhão que faz o serviço de águar as plantas do canteiro da avenida.

Pablo chegou a ser socorrido ao Pronto Socorro, mas faleceu por volta das 21 horas. A ocorrência com informações mais precisas do acidente está sendo confeccionada pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) já que o trecho da avenida pertence a Br 070.

Pablo era muito conhecido em Barra do Garças e tão logo surgiu o comentário sobre o acidente tornou-se o assunto mais comentado na rede social. E por volta das 21h30 veio a confirmação sobre a morte dele que residia no bairro Nova Barra. O site Araguaia Notícia deixa aqui as condolências aos familiares. É mais um jovem que perdemos na cidade por causa de um trânsito perigoso e desumano em que alta velocidade infelizmente tem interrompido vidas e sonhos precocemente. Precisamos repensar essa situação.

Neste mesmo trecho da avenida Valdon Varjão perto da Havan, em 2015, morreram duas pessoas. Em Brasília já tem vários pedidos protocolados solicitando a instalação de radares neste trecho seguindo o exemplo do que aconteceu na mesma avenida perto da UFMT onde foram colocados dois radares também após a morte de dois jovens. 


Notícias Relacionadas »
Comentários »

Com UTIs lotadas, Barra do Garças deve ou não aderir lockdown? 3 pacientes aguardam vagas

74.3%
24.4%
1.4%