23/10/2016 às 08h31min - Atualizada em 23/10/2016 às 08h31min

Treze pessoas são autuadas na operação contra som alto na Barra

Araguaia Notícia
PM - MT

Enquanto a cidade dormia na madrugada de domingo (23/10), as Polícias Civil e Militar realizaram uma operação contra som alto em Barra do Garças com apoio do Corpo de Bombeiros. A operação denominada Sossego Público teve a finalidade de aplicar a nova legislação contra som alto. Treze pessoas foram detidas e vários veículos irregulares foram parar na 1ª DP.

O delegado Adriano informou que participaram da ação uma equipe do Garra, da DERF, 1ª Delegacia, 2ª Delegacia, DEDM, Regional. O efetivo da Polícia Militar do Estado de Mato Grosso contou com as equipes da Força Tática, Grupo CAR, Guarnições de área. O Corpo de Bombeiros Militar se fez presente com duas guarnições. Sob os comandos do Delegado Plantonista, Oficial de Dia da PM e do CBM.

Após levantamentos feitos pelo setor de inteligência da PM e da PJC, a ação foi deflagrada a partir das quatro horas da madrugada principalmente em postos de gasolina onde ficam os veículos com som alto. No Posto Ale na entrada de Barra do Garças havia um número de pessoas acima do permitido de acordo com o Corpo de Bombeiros.

No local foram apreendidos vários veículos que foram notificados pela PM nos moldes da nova legislação aprovada pelo Conselho Nacional de Trânsito (Contran) que regulamentou a multa por causa de som alto dentro do carro por meio da Resolução nº 624, aprovada na quarta-feira (19). A PC através da Depol de Barra esta promovendo os Termos Circunstanciados de Ocorrência por conta da perturbação do sossego público, por abuso de instrumentos sonoros, por desobediência e Posse de entorpecente.

Resultado da operação: 

⚡ 13 suspeitos detidos e 13 TCOs lavrados.

⚡ 09 veículos apreendidos e 10 Notificações.

⚡ 02 porções pequenas de cocaína.

⚡ 01 estabelecimento Notificado e Multado pelo Corpo de Bombeiros.



Notícias Relacionadas »
Comentários »

Com UTIs lotadas, Barra do Garças deve ou não aderir lockdown? 3 pacientes aguardam vagas

74.2%
24.4%
1.4%