16/10/2016 às 17h20min - Atualizada em 16/10/2016 às 17h20min

Lutador de MMA é preso em MT suspeito de ter matado a ex-mulher

G1 MT

O lutador de MMA Sivaldo Alves da Silva, 37, conhecido como "Formigão", foi preso na madrugada deste sábado (15) no distrito de Santo Antônio do Fontoura, em São José do Xingu, a 931 km de Cuiabá, suspeito de ter assassinado a ex-mulher, Marlete Mascaranhas Lustosa, também de 37 anos. O crime aconteceu no dia 20 de junho, na cidade de Rio Maria, no Pará. A vítima, que tinha três filhos adolescentes, foi atropelada.

O G1 não localizou a defesa do lutador. A mulher dele também foi presa, mas na manhã deste sábado. Ela também estava com a prisão decretada.

Segundo a Polícia Militar, que efetuou a prisão, o lutador estava escondido em Santo Antônio do Fontoura, mas tinha intenção de se apresentar num evento de luta.

Ainda segundo a polícia, há informações de que o suspeito atuasse também como locutor de lutas e rodeios. Ele teve a prisão preventiva decretada em agosto deste ano e foi levado para a Delegacia de Confresa, de onde deverá ser encaminhado para o Pará.

A prisão ocorreu por volta da 0h30, depois de uma denúncia por meio de um grupo de WhatsApp criado para discutir questões de segurança pública na região.

Assassinato
Segundo as investigações, a vítima foi atropelada depois de uma discussão com o ex-marido. A suspeita é que o lutador estivesse com outros três homens, dos quais um estava pilotando uma moto e outro dirigindo um carro.

O suspeito fugiu da cidade na manhã seguinte ao crime. Durante a apuração do caso, a polícia prendeu um homem que seria o dono o carro usado no assassinato da mulher. O corpo dela foi encontrado à margem da BR-155, a cerca de quatro quilômetros da cidade de Rio Maria.


Notícias Relacionadas »
Comentários »

Com UTIs lotadas, Barra do Garças deve ou não aderir lockdown? 3 pacientes aguardam vagas

74.3%
24.4%
1.4%