15/10/2016 às 14h57min - Atualizada em 15/10/2016 às 14h57min

Furto de Land Rover levou a prisão de casal suspeito de assassinar italiano no MT

PJC - MT
Reprodução

O furto de um veículo Land Rover do pecuarista italiano Alessandro Carrega Dal Pozzo, 63 anos, que foi assassinado no início de agosto em Barra do Garças, levou a polícia a prender um casal na quinta-feira (13/10) suspeito de estar envolvido na morte do italiano.

O caso repercutiu internacionalmente com o Consulado Italiano pedindo celeridade ao Governo de Mato Grosso para apurar a morte do pecuarista italiano. O corpo dele foi encontrado já em estado de decomposição no bairro Jardim das Mangueiras com perfurações de tiros.

A investigação está sendo feita pela 1ª DP de Barra do Garças com os delegados Adriano Alencar e Renato Rezende. Eles informaram que o carro do italiano estaria com terceiros, a priori, sem relação com o crime de homicídio. "Ao serem intimados, informaram quem foi à pessoa que teria subtraído o veículo da casa em que residia Alessandro. Tais informações levaram a polícia a suspeitar deste casal”, explicou o delegado Adriano.

A polícia busca agora recuperar a Land Rover, ouvir testemunhas e verificar a versão apresentada pela defesa dos suspeitos presos na quinta-feira. Os delegados afirmaram que vão aguardar a conclusão dos trabalhos para apresentar o resultado à população de Barra do Garças e região, sempre com profissionalismo e respeito aos cidadãos, determinação esta do delegado regional, Adilson Gonçalves.

A família do italiano contratou advogados em Barra do Garças para acompanhar o caso e entregou à Polícia Civil documentos da vítima, que estão auxiliando os trabalhos de investigação da equipe de policiais, que conduz as diligências de apuração de autoria.


Notícias Relacionadas »
Comentários »

Com UTIs lotadas, Barra do Garças deve ou não aderir lockdown? 3 pacientes aguardam vagas

74.1%
24.5%
1.4%