14/10/2016 às 08h15min - Atualizada em 14/10/2016 às 08h15min

Mulher de ex-prefeito aguarda julgamento para virar prefeita

Araguaia Notícia
Reprodução Inês é esposa do ex-prefeito Odoni Coelho

Deve ser julgado nos próximos dias no Tribunal Regional Eleitoral (TRE) de Mato Grosso, o recurso interposto pela candidata a prefeita de Torixoréu Inês Coelho (PP), que busca validar candidatura e conseqüentemente descongelar os votos que teve no dia 2/10. 

A cidade de Torixoréu teve uma eleição atípica onde os dois candidatos a prefeito foram considerados inaptos pela Justiça Eleitoral e aparecem com zero voto. Ambos entraram com recursos para tentar reverter a situação na justiça.

Inês Coelho foi considerada inelegível porque o marido, ex-prefeito Odoni, teria que ter afastado do cargo com seis meses de antecedência ao pleito. Já o candidato a prefeito Silvio Figueiredo (PSDB) também teve a candidatura anulada com argumento de que a candidata a vice-prefeita dele, Mariana Parreira (PSD), não teria desincompatibilizado em tempo hábil do Conselho Municipal de Saúde.

“Meu esposo já estava afastado do cargo e por isso podíamos concorrer a prefeitura. Já observamos algumas jurisprudências nesse sentido”, explica Inês, que aguarda julgamento para descongelar votos.

Na votação, Inês teve 1.520 votos contra 1.276 do candidato Silvo Figueiredo (PSDB). Já com relação a Silvio, ele também recorreu para reaver votos, mas para tanto torce para que a candidata Inês permaneça impugnada. Caso nenhum candidato obtenha êxito nos tribunais, a cidade de Torixoréu terá uma nova eleição em breve.


Notícias Relacionadas »
Comentários »

Com UTIs lotadas, Barra do Garças deve ou não aderir lockdown? 3 pacientes aguardam vagas

74.2%
24.4%
1.4%