13/10/2016 às 13h24min - Atualizada em 13/10/2016 às 13h24min

Polícia Civil esclarece furto e roubo e prende traficante que agia

Agência da Notícia
Agência da Notícia

Após investigações a Polícia Civil do munícipio de Confresa com extrema eficiência e agilidade esclareceu um roubo e um furto á um supermercado. Os crimes ocorrem no último domingo, (09). As apreensões dos adolescentes foram realizadas nesta segunda-feira, (10).

Conforme informações repassadas ao Site Agência da Notícia, os dois menores são velhos conhecidos da polícia e acabaram sendo identificados através do sistema de câmeras de segurança do supermercado onde os delinquentes quebraram a porta de vidro e entraram no estabelecimento onde roubaram R$ 250 reais que estava nos caixas.

Após serem identificados os policiais localizaram os menores e os apreenderam, em conversas com os investigadores os adolescentes confirmaram o furto ao mercado e um roubo de um celular no bairro Vila Nova ainda contaram que o aparelho celular havia sido vendido a uma mulher identificada como Elizama Batista da Silva, 19 anos.

Diante das informações a Polícia Civil se deslocou até a residência da suspeita de receptação localizada no Bairro Vila Nova, ao chegar até o local os policiais localizaram o celular roubado e em buscas pela casa foram localizados drogas, dinheiro e aparelhos eletrônicos e eletrodomésticos. A casa da suspeita Elizama funcionava como “boca de fumo”.

Na residência da traficante os policiais apreenderam uma menor de idade de 15 anos.

Os menores (N. L. O) e (D. S. L) responderão ato infracional análogo ao crime de roubo majorado e furto qualificado onde aguardam o pedido de internação.

A menor (B. J. S) responderá ato infracional análogo aos crimes de tráfico de drogas e associação para o tráfico.

Elizama Batista da Silva foi autuada em flagrante pelos crimes de tráfico de drogas, associação para o tráfico, corrupção de menores e receptação, onde permanecerá à disposição da justiça.
 


Notícias Relacionadas »
Comentários »

Com UTIs lotadas, Barra do Garças deve ou não aderir lockdown? 3 pacientes aguardam vagas

74.3%
24.3%
1.4%