03/07/2012 às 16h18min - Atualizada em 03/07/2012 às 16h18min

Primeira ação por crime eleitoral deste pleito é proposta em Barra

Olhar Direto
Reprodução

O deputado estadual e candidato a prefeito em Barra do Graças, Adalto de Freitas (PMDB), o Daltinho, deu entrada na primeira ação eleitoral deste pleito em Mato Grosso, contra a candidata Andréia Farias Santos (PR) e o vice dela, José Maria Alves Vilar, por realização de carreata antes do período permitido pela legislação eleitoral, que é a partir do dia 06 de julho.

Consta da ação que no sábado (30) foi realizada a convenção que definiu o nome dela como candidata a prefeita de Barra e que após o encerramento da convenção, Andréia e o atual prefeito da cidade, Wanderlei Farias (PR), realizaram carreata no centro da cidade.

Segundo a defesa de Daltinho,” não há dúvidas que o objetivo da carreata realizada é conquistar o voto do eleitor, é induzi-lo em seu conceito íntimo a intenção e a vontade de que Andréia é a melhor opção para governar a cidade. No entanto, a realização deste evento antes do dia 06 de julho fere de morte 0 art. 36 da Lei 9504/97”, relatam os advogados na petição.

Os advogados alegam que a persuasão de uma carreata expondo a imagem do atual Prefeito juntamente com a candidata, não é fato insignificante já que foi realizada no centro da cidade, em horário de pico, e na presença pública e maciça da população.

Na ação os advogados pedem que justiça eleitoral enquadre a candidate por propaganda extemporânea e aplique multa pela ação.
 


Notícias Relacionadas »
Comentários »

Se a empresa de Água continuar com serviço irregular, o que deve ser feito pelo prefeito? Deixê a sua opinião internauta

1.7%
5.1%
18.9%
74.4%