29/06/2016 às 12h47min - Atualizada em 29/06/2016 às 12h47min

Advogado é preso suspeito de abusar sexualmente da filha

Midia News
Midia News

Um advogado foi preso na manhã desta quarta-feira (29) suspeito de abusar sexualmente da própria filha, que hoje está com 14 anos.

No início do mês, a mãe da menor começou a notar um comportamento estranho, já que ela chegou a dizer que tinha "nojo de homens".

Sem entender, a mulher leu no diário da menina alguns relatos sobre os supostos abusos que vinha sofrendo do próprio pai, o advogado U. C., de 46 anos.

Na última sexta-feira (24), a mãe da menina procurou a Polícia Civil e o Ministério Público Estadual (MPE) para denunciar o caso.

Para a equipe da Delegacia Especializada de Defesa dos Direitos da Criança e do Adolescente (Deddica), a menina relatou que os abusos ocorriam desde que ela tinha nove anos.

Os pais são separados há mais de 10 anos. Conforme as investigações, os abusos aconteciam nos finais de semana, quando a menor estava na casa do pai, que está em um segundo casamento.

O advogado foi acusado de fazer carícias nas partes íntimas da menina, que revelou nunca ter ocorrido penetração. A violação acontecia também quando ela estava dormindo.

Ela lembrou que se sentia constrangida e que, às vezes, quando ele pedia para ela se sentar em seu colo, a garota percebia sua excitação.

A prisão do advogado aconteceu em seu escritório, no edifício Cuiabá Office Tower, na avenida do CPA.

O mandado de prisão foi expedido pela 14º Vara Criminal de Cuiabá e vale por 30 dias.

O delegado da Deddica, Eduardo Botelho, que está investigando o caso, informou que ainda não ouviu o advogado e que ele vai ser encaminhado para o Centro de Custódia de Cuiabá (CCC).

 


Notícias Relacionadas »
Comentários »

Se a empresa de Água continuar com serviço irregular, o que deve ser feito pelo prefeito? Deixê a sua opinião internauta

1.6%
5.5%
17.7%
75.2%