16/06/2016 às 10h19min - Atualizada em 16/06/2016 às 10h19min

Vereador é preso em flagrante após pescar tartaruga

G1 MT
Divulgação/PM

Um vereador foi preso em flagrante na noite desta terça-feira (14) depois de pescar uma tartaruga e 4 kg de peixe, na região de Novo Santo Antônio, a 1.063 km de Cuiabá. De acordo com a Polícia Civil, policiais militares abordaram o veículo onde o vereador, identificado como Edivaldo Pereira de Sousa, de 41 anos, estava junto com um amigo. Eles retornavam do Rio das Mortes onde fizeram a pescaria.
Apesar da prisão, o vereador e o amigo foram liberados após pagarem fiança e vão responder por crime ambiental. O G1 não conseguiu localizar o vereador. A reportagem também não conseguiu contato com a Câmara de Vereadores de Novo Santo Antônio.

Segundo a Polícia Civil, a situação se enquadra como crime ambiental, mesmo que seja apenas uma tartaruga. Com os dois suspeitos também foram encontrados redes e outros objetos ilegais usados para pescaria.

Durante depoimento, Edivaldo à Polícia Civil que ele e o amigo pescaram os peixes da espécie pacu. Porém, negou que tenha pescado a tartaruga. Ele afirmou aos policiais que alguém 'colocou' o animal no carro em que estavam. O vereador foi indiciado por crime ambiental e liberado depois de pagar R$ 2 mil de fiança.

O amigo dele também pagou fiança no valor de um salário-mínimo e foi solto. A tartaruga foi devolvida para o Rio das Mortes.
 


Notícias Relacionadas »
Comentários »

Se a empresa de Água continuar com serviço irregular, o que deve ser feito pelo prefeito? Deixê a sua opinião internauta

1.6%
5.5%
17.7%
75.3%