29/05/2012 às 12h11min - Atualizada em 29/05/2012 às 12h11min

PF prende seis e apreende 44 carros ”Finan”

Agência da Notícia
Agência da Notícia

Seis pessoas foram presas e 44 veículos apreendidos pela operação “Finan Dublê”, deflagrada pela Polícia Civil com o apoio da Polícia Rodoviária Federal (PRF), na cidade de Novo São Joaquim, a 485 quilômetros a leste da Capital.

A operação foi realizada no último final de semana com a finalidade de tirar de circulação veículos “Finan” (carros financiados e revendidos sem o pagamento das prestações) e dublês (roubados que são adulterados com placas do mesmo modelo e documentação falsa de um veículo já existente).

Foram dois dias de operação com a abordagem de 500 veículos, 176 checados e 44 veículos apreendidos, sendo 32 motocicletas e 12 carros. Houve ainda a apreensão de sete armas de fogo, nove armas brancas e uma grande quantia de munições. Para a realização da operação foram mobilizados 12 investigadores e três escrivães da Regional de Barra do Garças e de 16 policiais rodoviários federal com seis viaturas da PRF.

Na manhã de ontem, em Barra do Garças, o delegado Rodrigo Ricardo SantAnna divulgou o balanço final da operação. Segundo ele, as investigações para chegar aos veículos e aos envolvidos começaram há cerca de dois meses, quando foi descoberto um grande número de veículos circulando na região de Novo São Joaquim de forma irregular e com sinais de adulteração.

“Durante todo o dia foram abordados veículos suspeitos ou com placas de outras cidades. Aqueles que não apresentavam qualquer indício de irregularidades eram liberados e os suspeitos, apreendidos por nossos homens. Nossa missão foi fazer uma varredura na cidade”, disse afirmou o delegado.

Durante a operação foram cumpridos 10 mandados de busca e apreensão e um mandado de prisão. Além disso, os policiais “trancaram” as três entradas da cidade e realizaram diligências fazendas da região. A polícia contou também com a colaboração da população com denúncias e apontamento de veículos suspeitos.

Vários telefonemas foram recebidos pela Delegacia Municipal de Novo São Joaquim com informações que auxiliaram a operação. De posse das informações, foi mais fácil para a polícia encontrar os veículos irregulares.


Notícias Relacionadas »
Comentários »

Com UTIs lotadas, Barra do Garças deve ou não aderir lockdown? 3 pacientes aguardam vagas

75.1%
23.6%
1.3%