01/06/2016 às 13h35min - Atualizada em 01/06/2016 às 13h35min

Oficinas Interativas foram destaque na XIII Semana do Curso de Pedagogia

Lázzaro Gomes/Faculdade Cathedral

Entre os dias 16 e 20 de maio a Faculdade Cathedral promoveu a XIII Semana de Pedagogia, que neste ano, abordou “Os Direitos Humanos nas Práticas Pedagógicas”. Dentre a programação, foram realizadas três oficinas: Atividades Físicas Adaptadas (com as professoras Nádia Raquel, Marta Gama e Marli Terezinha); Libras (com os professores Maria José, Otamiro Fernandes, José Marques e Thereza Cristina); e Expressão Corporal (com as professoras Cláudia Lacerda, Gisele Lira e Elizabeth Botelho).

A coordenadora do curso de Pedagogia, Elisiane Tolio, falou sobre a importância de fomentar a prática de oficinas no âmbito da graduação: “pudemos notar que essas atividades promovem uma interação entre participantes e professores de uma forma mais prática, criando profissionais mais aptos para o mercado de trabalho”, comentou.

Uma das oficinas que chamou bastante a atenção dos inscritos foi a deExpressão Corporal, ministrada pela Prof. Dra. Gisele Lira, Prof. Msda. Claudia Lacerda e Prof. Esp. Elizabeth Botelho. A oficina teve como objetivo maior desenvolver a percepção sensorial, incentivando o público alvo a assumir uma postura proativa diante do processo inclusivo. Para tanto, durante três noites, os quase 120 participantes realizaram todas atividades de olhos vendados, experimentaram vários sabores e texturas, reconheceram diferentes espaços, vivenciaram de modo singular, mesmo que por pouco tempo, um turbilhão de emoções, antes inimagináveis.

Para a Prof. Gisele Lira, a oficina foi um sucesso: “uma das nossas estratégias foi a dinamicidade com a qual nos propusemos a trabalhar”. Gisele relatou que “os participantes se sensibilizaram frente aos obstáculos encontrados na vida cotidiana de um deficiente, bem como, observaram como é importante auxiliar na construção da autonomia da pessoa com deficiência”. Além do mais, Gisele enfatizou: “uma das funções primeiras da Educação é tornar os seres humanos, mais humanos. Logo, essa sensibilização ocupa parte fundamental nos cursos de formação de professores”.

As professoras Claudia e Elizabeth, apontaram, também, que a Faculdade Cathedral, pela função social que possui, vêm propiciando tais vivências às suas acadêmicas, a fim de que a docência, de fato, promova a inclusão nos espaços escolares. “Somente dessa forma, será possível ter uma sociedade mais justa e igualitária”, afirmou Cláudia. Segundo a prof. Elizabeth, “a oficina Expressão Corporal superou, de modo muito positivo, as expectativas iniciais”. No mesmo sentido, Prof. Gisele Lira concluiu: “já estamos pensando em novos projetos inclusivos”.

Em relação à oficina de Libras, a Prof. Esp. Maria José comentou: “ o objetivo foi o de fornecer informações básicas sobre a linguagem brasileira de sinais. Dessa forma, os participantes poderão compreender a LIBRAS como instrumento potencializador do processo comunicacional e de desenvolvimento social e intelectual do aluno surdo”.

A Professora Esp. Nádia Raquel destacou que a oficina de Atividades Físicas Adaptadas teve o intuito de instruir os participantes quanto à importância e necessidade de planejar e executar atividades inclusivas, visando um desenvolvimento de qualidade das suas atividades pedagógicas com os alunos especiais.

O Diretor Executivo da Cathedral, que acompanhou a XIII Semana do Curso de Pedagogia elogiou a qualidade do evento. Sobre as Oficinas, Dr. Sandro Saggin declarou: “parabéns ao Curso de Pedagogia da Faculdade Cathedral, especialmente ao corpo docente pelo comprometimento e pela iniciativa em promover ações que vão em defesa dos Direitos Humanos”.


Notícias Relacionadas »
Comentários »

Se a empresa de Água continuar com serviço irregular, o que deve ser feito pelo prefeito? Deixê a sua opinião internauta

1.6%
5.5%
17.7%
75.2%