31/05/2016 às 09h28min - Atualizada em 31/05/2016 às 09h28min

PM prende traficante com grande quantidade de entorpecentes na rodoviária

ÁGUA BOA NEWS
ÁGUA BOA NEWS

Na manhã de ontem (29), durante policiamento na rodoviária de Água Boa, um sujeito, ao presenciar a Polícia Militar, começou a agir de forma estranha, aparentando estar muito nervoso ao deixar uma mala no guarda-volumes da estação. Ao perceber a atitude suspeita do rapaz, a PM averiguou a referida mala e encontrou dentro dela três ‘tijolos’ de substância análoga a maconha. Com isso foi dada voz de prisão ao suspeito por tráfico ilícito de entorpecentes.

Durante o percurso à delegacia, o indivíduo, que é um menor de 17 anos de idade, disse que iria receber R$ 500,00 para trazer de Campo Verde cinco barras da droga, onde duas já haviam sido entregues em Água Boa a um tal Ualisson, vulgo Baianinho, e as outras três barras seriam despachadas para Canarana.

Com as informações coletadas a polícia foi atrás dos outros ‘tijolos’ da droga, e chegando no endereço denunciado, a guarnição foi recebida por familiares de Baianinho, dizendo que o mesmo não estaria na residência. Após buscas, foi notado barulhos de pessoas em uma edícula, e após a polícia militar informar que iria dar uma olhada no recinto, a guarnição foi barrada por uma senhora, dizendo que iria entrar em contato com a defensoria pública e iria fazer uma nova denúncia contra a PM por estar perseguindo seu filho. Outros familiares presentes também barraram a entrada da polícia, dizendo que se invadissem iriam perder suas fardas. Sendo necessário o uso da força, policiais adentraram na edícula e presenciaram Ualisson, que foi mobilizado após partir em desfavor de policiais.

Mesmo negando seu envolvimento com a apreensão dos entorpecentes, em um armário foi achado os dois tijolos da droga e três trouxas que aparentavam ter pasta base. Com isso, foi dada voz de prisão a todos da casa, de forma individualizada por tráfico ilícito de entorpecente, associação ao tráfico e obstrução do serviço policial. Ao ser perguntado se possuía alguma arma de fogo, o mesmo relatou que tinha deixado um revólver calibre 38 com um amigo que o auxiliava na comercialização e distribuição do entorpecente na cidade, em especial no local conhecido pelos jovens como Inferninho, nas imediações do parque de exposições.

Ao chegar na residência do comparsa foi realizada a prisão do mesmo juntamente com um colega que já é conhecido pelas polícias através de denúncias, mas sempre escondiam os materiais ilícitos, dificultando a colheita de provas. A arma também foi apreendida em posse dos suspeitos.

Todos os envolvidos foram encaminhados ao CISC, juntamente com os materiais vinculados apreendidos.

Veja abaixo o vídeo da coletiva de imprensa onde o Ten Cel PM Wanderson da Silva Sá comandante do 16º Batalhão da Polícia Militar de Água Boa fala sobre o caso.


Notícias Relacionadas »
Comentários »

Se a empresa de Água continuar com serviço irregular, o que deve ser feito pelo prefeito? Deixê a sua opinião internauta

0.9%
3.6%
11.7%
83.8%