30/05/2016 às 16h46min - Atualizada em 30/05/2016 às 16h46min

Celular mexe com o mercado da radiodifusão e provoca mudança na forma de ouvir rádio

Techdays Cuiabá
Reprodução

Cuiabá vai sediar sexta-feira (3/6) mais uma edição do “TECHDAYS - Encontro de Tecnologia para Radiodifusão – Os Melhores da Radiodifusão Brasileira”. O evento é realizado pela Embrasec, empresa de São Paulo responsável pela edição da revista Rádio e Negócios, e conta com a parceria do Escritório do Rádio de Cuiabá.

O encontro vai debater temas de grande interesse do setor da radiodifusão na atualidade, entre eles: “A migração das emissoras de rádio AM para o FM”, “O rádio em tempos de internet”, e “A importância de um conteúdo vencedor para as emissoras de rádio”.

Chama a atenção na programação do TECHDAYS deste ano o debate sobre uma ferramenta que hoje é considerada indispensável nas atividades da radiodifusão – o celular.

 Além de abordar na sua palestra o tema “Os aplicativos para ouvir rádio no celular”, o representante da Associação Brasileira de Emissoras de Rádio e Televisão, Cristiano Flores, (Brasília/DF) vai falar sobre a campanha lançada pela Abert denominada “Smart é ter rádio de graça no celular”.

O objetivo é incentivar o ouvinte a comprar celulares com chip de rádio FM integrado, que não tem necessidade de usar banda larga e também não consome bateria.

Segundo dados da associação dos radiodifusores, em 2009, a presença dos aparelhos de rádio nos domicílios era de 89%. Em 2013 caiu para 75%. Isso não significa que o rádio perdeu espaço entre a população ou no mercado, aconteceu apenas uma mudança no modo que as pessoas escutam o rádio.

Na avaliação do presidente da Abert, Daniel Slaviero, isso comprova que a forma de recepção do rádio está mudando. Segundo ele, “o celular é uma avalanche. Os celulares estão substituindo o rádio tradicional”.

De acordo com uma pesquisa realizada pela Abert no segundo semestre do ano passado dos 206 modelos de celulares comercializados no país, 188 ou 88% têm receptor de rádio FM embutido.
Os dados da Abert mostram ainda que o carro continua sendo uma das grandes maneiras que as pessoas usam para escutar rádio. Os aparelhos de rádio estão instalados em 45 milhões dos carros, ou seja, 100% da frota têm rádio.

As palestras do Encontro de Tecnologia para Radiodifusão serão proferidas por profissionais de renome nacional e estadual e vão acontecer simultaneamente com a mostra de equipamentos no auditório do Tribunal Regional Eleitoral – TRE/MT, no dia três de junho (sexta-feira), a partir das oito horas da manhã.

As inscrições são gratuitas e podem ser feitas no site www.revistaradioenegocios.com.br. Quem preferir pode se inscrever antes da abertura do evento no saguão do auditório do TRE/MT. Ao final do evento será fornecido certificado aos participantes.


Notícias Relacionadas »
Comentários »

Se a empresa de Água continuar com serviço irregular, o que deve ser feito pelo prefeito? Deixê a sua opinião internauta

1.8%
5.0%
19.9%
73.3%