19/05/2012 às 15h51min - Atualizada em 19/05/2012 às 15h51min

Enfermeiros protestam na Semana da Enfermagem em Mato Grosso

Olhar Direto
Coren MT

Os profissionais de enfermagem de Barra do Garças, a 509 km de Cuiabá, protestaram quarta-feira (16) pedindo o cumprimento do Plano de Cargos, Carreiras e de Salários (PCCS) por parte das prefeituras do Vale do Araguaia. De acordo com levantamento do Sindicato dos Trabalhadores da Saúde (Sintesbre), somente oito das 32 prefeituras do leste de Mato Grosso cumprem plenamente o plano de carreira.

A prefeitura de Barra do Garças implantou o PCCS em 2007, mas segundo Sintesbre, não estaria cumprindo com elevação de nível e gratificações dos profissionais. A luta do sindicato foi parar na Justiça relembra a presidente do Sintesbre, Luzilerne de Fátima Souza, que participou da atividade.

A manifestação dos enfermeiros foi engrossada com a participação dos estudantes e do presidente do Conselho Regional de Enfermagem de Mato Grosso (Coren), Eleonor Raimundo da Silva. “A luta por salários dignos e condições de trabalho acontece em todo país”, frisou Eleonor destacando que sexta-feira (18) dia do enfermeiro terá um evento semelhante em Brasília.

A 1ª semana da Enfermagem de Barra do Garças inclui atividades de prestação de serviços à comunidade, palestras, debates e um baile de confraternização sexta-feira (18).

Os profissionais da saúde prestaram também uma homenagem ao Leonídio Borges Leal, o primeiro enfermeiro de Barra do Garças. A unidade móvel do Coren veio de Cuiabá para auxiliar nas atividades junto à população nas praças Sebastião Júnior e Garimpeiros.

A palestra: “Organização e Agenda Nacional dos trabalhadores em Saúde” com o secretário-geral da Confederação Nacional dos Trabalhadores da Saúde (CNTS), Valdirlei Castagna, marca o encerramento do evento.


Notícias Relacionadas »
Comentários »

Com UTIs lotadas, Barra do Garças deve ou não aderir lockdown? 3 pacientes aguardam vagas

75.1%
23.6%
1.3%