16/04/2016 às 22h55min - Atualizada em 16/04/2016 às 22h55min

Universitário morre em colisão frontal em rodovia

Só Notícias

Um acadêmico morreu, na tarde de sábado (16/04), em um violento acidente envolvendo um Ford Fiesta, vermelho, e um Renault Sandero, prata, na BR-163, na entrada de Sinop (a cerca de 35 quilômetros do centro). Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), Rafael Peron, 18 anos, não resistiu aos ferimentos e faleceu no local. Ele estava sozinho no Ford Fiesta.

Duas mulheres estavam no outro veículo e ficaram feridas. Elas foram socorridas por uma ambulância da concessionária Rota do Oeste e encaminhadas ao Hospital Regional de Sinop. Ambas estavam conscientes, no entanto, e passaram por avaliação médica. Conforme uma fonte de Só Notícias, uma teve fratura na perna e outra teve ferimentos no braço e rosto. Elas não correm risco de morrer.

Com o acidente, o trânsito na rodovia federal ficou lento e a pista chegou a ficar interditada por duas horas. O tráfego no trecho foi liberado, há pouco. A Perícia Oficial de Identificação Técnica (Politec) esteve no local para apurar as causas do acidente. No entanto, de acordo com a PRF, a colisão pode ter sido ocasionada por uma ultrapassagem malsucedida. Esta versão ainda será investigada.

O corpo de Rafael está no Instituto Médico Legal (IML) para ser feita necropsia e deve ser liberado neste domingo. Ainda não há definição de horários dos procedimentos fúnebres. Um familiar, bastante abalado, informou que o jovem seguia de Sorriso para Sinop, onde morava. Em seguida, iria para um casamento em Vera. O rapaz era acadêmico do curso de Agronomia, em uma faculdade particular em Sorriso.

     

 

Um acadêmico morreu, esta tarde, em um violento acidente envolvendo um Ford Fiesta, vermelho, e um Renault Sandero, prata, na BR-163, na entrada de Sinop (a cerca de 35 quilômetros do centro). Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), Rafael Peron, 18 anos, não resistiu aos ferimentos e faleceu no local. Ele estava sozinho no Ford Fiesta.

Duas mulheres estavam no outro veículo e ficaram feridas. Elas foram socorridas por uma ambulância da concessionária Rota do Oeste e encaminhadas ao Hospital Regional de Sinop. Ambas estavam conscientes, no entanto, e passaram por avaliação médica. Conforme uma fonte de Só Notícias, uma teve fratura na perna e outra teve ferimentos no braço e rosto. Elas não correm risco de morrer. 

Com o acidente, o trânsito na rodovia federal ficou lento e a pista chegou a ficar interditada por duas horas. O tráfego no trecho foi liberado, há pouco. A Perícia Oficial de Identificação Técnica (Politec) esteve no local para apurar as causas do acidente. No entanto, de acordo com a PRF, a colisão pode ter sido ocasionada por uma ultrapassagem malsucedida. Esta versão ainda será investigada.

O corpo de Rafael está no Instituto Médico Legal (IML) para ser feita necropsia e deve ser liberado neste domingo. Ainda não há definição de horários dos procedimentos fúnebres. Um familiar, bastante abalado, informou que o jovem seguia de Sorriso para Sinop, onde morava. Em seguida, iria para um casamento em Vera. O rapaz era acadêmico do curso de Agronomia, em uma faculdade particular em Sorriso.

- See more at: http://www.sonoticias.com.br/noticia/geral/academico-morre-em-colisao-frontal-na-br-163-em-sinop#sthash.eUmschAA.dpufUm acadêmico morreu, esta tarde, em um violento acidente envolvendo um Ford Fiesta, vermelho, e um Renault Sandero, prata, na BR-163, na entrada de Sinop (a cerca de 35 quilômetros do centro). Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), Rafael Peron, 18 anos, não resistiu aos ferimentos e faleceu no local. Ele estava sozinho no Ford Fiesta.

Duas mulheres estavam no outro veículo e ficaram feridas. Elas foram socorridas por uma ambulância da concessionária Rota do Oeste e encaminhadas ao Hospital Regional de Sinop. Ambas estavam conscientes, no entanto, e passaram por avaliação médica. Conforme uma fonte de Só Notícias, uma teve fratura na perna e outra teve ferimentos no braço e rosto. Elas não correm risco de morrer.

Com o acidente, o trânsito na rodovia federal ficou lento e a pista chegou a ficar interditada por duas horas. O tráfego no trecho foi liberado, há pouco. A Perícia Oficial de Identificação Técnica (Politec) esteve no local para apurar as causas do acidente. No entanto, de acordo com a PRF, a colisão pode ter sido ocasionada por uma ultrapassagem malsucedida. Esta versão ainda será investigada.

O corpo de Rafael está no Instituto Médico Legal (IML) para ser feita necropsia e deve ser liberado neste domingo. Ainda não há definição de horários dos procedimentos fúnebres. Um familiar, bastante abalado, informou que o jovem seguia de Sorriso para Sinop, onde morava. Em seguida, iria para um casamento em Vera. O rapaz era acadêmico do curso de Agronomia, em uma faculdade particular em Sorriso.
- See more at: http://www.sonoticias.com.br/noticia/geral/academico-morre-em-colisao-frontal-na-br-163-em-sinop#sthash.eUmschAA.dpuf


Notícias Relacionadas »
Comentários »

Se a empresa de Água continuar com serviço irregular, o que deve ser feito pelo prefeito? Deixê a sua opinião internauta

1.1%
4.6%
16.9%
77.5%