12/04/2016 às 13h27min - Atualizada em 12/04/2016 às 13h27min

Bebê morre em Mato Grosso com suspeita de leishmaniose

24 Horas News
24 Horas News

Outro caso suspeito de leishmaniose, com morte, foi registrado no município de Rondonópolis. Desta vez a vítima foi uma criança de um ano de vida. Ela estava internada na Santa Casa desde o dia 25 de março, mas não resistiu e morreu na última quinta-feira. A Vigilância Epidemiológica afirmou que o caso estão sob investigação.

 

Além da suspeita dessa doença, a criança pode ter contraído ainda a Influenza A H1N1, mais conhecida como Gripe Suína, e dengue – transmitida pelo mosquito Aedes Aegypti. O primeiro exame descartou a possibilidade de ser leishmaniose a causa morte, entretanto a equipe médica solicitou uma contraprova para se ter certeza do diagnóstico.

Se os exames comprovarem a doença, será a quarta constatação de “leish” no município de Rondonópolis. Segundo informações cedidas pela Vigilância Epidemiológica municipal, a cidade é endêmica para leishmaniose desde 2007. No ano passado foram registrados 10 casos.

Como a dengue, essa doença também é transmitida pelo mosquito. O responsável pela contaminação é o mosquito-palha. Para identificação a suspeita de ter contraído a doença, a pessoa deve observar se há feridas pelo corpo e inchaço na barriga


Notícias Relacionadas »
Comentários »

Se a empresa de Água continuar com serviço irregular, o que deve ser feito pelo prefeito? Deixê a sua opinião internauta

1.1%
4.6%
17.2%
77.1%